Petrobras não venderá fatia em Búzios, afirma diretor

A Petrobras não tem a intenção de realizar um “farm-out” no bloco de Búzios, ou venda de fatia no ativo, disse o diretor-executivo de Exploração e Produção da companhia, Carlos Alberto Pereira de Oliveira, durante teleconferência com investidores para comentar os movimentos da petroleira nos leilões do pré-sal desta semana.

Continue lendo

Petrobras e chinesa CNODC levam o bloco Aram

O bônus de assinatura fixo total do leilão era de R$ 7,85 bilhões

Um consórcio da Petrobras com a chinesa CNODC arrematou nesta quinta-feira o bloco Aram, na Bacia de Santos, com bônus de assinatura fixo de R$ 5,05 bilhões, durante a 6ª Rodada de licitação de áreas do pré-sal sob regime de partilha, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Continue lendo

Dólar sobe mais de 1% ante real após megaleilão frustrado

O dólar reverteu seu curso e avançava mais de 1% em relação ao real nesta quarta-feira, devido à frustração dos investidores com a participação de empresas estrangeiras no megaleilão da cessão onerosa. Às 11:30, o dólar avançava 1,62%, a R$ 4,0580 na venda. O dólar futuro operava em alta de 1,69%, a R$ 4,068. O consórcio Petrobras/CNODC/CNOOC arrematou nesta quarta-feira o bloco de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, durante a Rodada de Licitações do Excedente da Cessão Onerosa.

Continue lendo

Opep: perspectiva de alta no mercado de petróleo em 2020

As perspectivas do mercado de petróleo para 2020 podem ter um potencial positivo, parecendo minimizar a necessidade de cortes mais profundos na produção, disse nesta terça-feira o secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados liderados pela Rússia se reúnem em dezembro para revisar a política de produção.

Continue lendo

A “desertificação” do Brasil

Os períodos de chuvas favoráveis mantém as pessoas no campo e geram alguma reserva; já os períodos de estiagem consomem toda a reserva acumulada. E em condições de seca muito severa, correntes migratórias partem para outras regiões do país, como é notório desde o início do século XX.

Continue lendo