As eleições presidenciais dos EUA e a sinuca do Capetão

Jair Bolsonaro e Donald Trump

Por António Paixão – Na terça-feira, dia 3 de novembro de 2020, serão realizadas as eleições presidenciais nos Estados Unidos da América (EUA), a potência imperial, num clima de grande expectativa e apreensão, pela condução tanto idiossincrática quanto disparatada da administração daquele país por Donald Trump, do Partido Republicano, o presidente atual e candidato à reeleição.

Continue lendo

Dia do professor

Por Francisca Rocha – Respeitar as professoras e professores é necessário e dá esperança. Como um país pode evoluir sem respeitar as professoras e professores, sem valorizar a educação como uma área estratégica para o desenvolvimento autônomo e com justiça social?

Continue lendo

Neonazistas da Grécia, Alemanha e Brasil

Por Altamiro Borges – No último dia 7, a Justiça da Grécia declarou o partido neonazista “Amanhecer Dourado” como “organização criminosa” e indicou que seus líderes serão condenados a penas severas de prisão. A sentença, considerada histórica, foi comemorada por mais de 15 mil pessoas diante do Palácio de Justiça, em Atenas.

Continue lendo

O descalabro e o voto

Por Luciano Siqueira – Em reuniões de círculos avançados de candidaturas às prefeituras e Câmaras de Vereadores, escuto com frequência muita inquietação sobre uma possível influência de Bolsonaro sobre o eleitor mais sofrido, apesar do descalabro que é seu governo.

Continue lendo

Eleições municipais: retomar o fio da meada

Por Luiz Werneck Vianna – Decerto que eleições municipais têm um caráter singular em que são dominantes os temas locais, embora as que estão em curso guardem um significado plebiscitário implícito quanto a avaliação do governo Bolsonaro.

Continue lendo

Che Guevara no Recife

Cinquenta verdades sobre Ernesto "Che" Guevara

Por Urariano Mota – Eu já havia começado a escrever um texto sobre a exclusão de mulheres e negros na ciência, quando chegou um email que mudou o meu rumo. Não posso nem devo dizer o nome da pessoa, mas algumas palavras da sua bela mensagem são dignas de conhecimento público.

Continue lendo

A tropa não é a nação

Por Roberto Amaral – A frase de D. Pedro I que nos serve de epígrafe foi registrada por José Honório Rodrigues (História combatente, Nova Fronteira. p. 176) como a resposta do nosso primeiro imperador ao general Avilez, comandante das tropas portuguesas, na independência, “quando este lhe fez exigências descabidas”.

Continue lendo

Responsabilidade fiscal ou social?

Por Paulo Kliass – O debate sério e comprometido a respeito de alternativas de política macroeconômica para superar a atual crise social e econômica continua sendo interditado em amplos espaços de formação de opinião.

Continue lendo

A Constituição de 1988 e o PCdoB

Por José Reinaldo Carvalho – A “Constituição Cidadã”, assim denominada pelo presidente da Assembleia Constituinte, Ulysses Guimarães, foi um primeiro passo para estabelecer direitos democráticos e sociais após 21 anos de vigência da ditadura militar.

Continue lendo