Acordo do Brexit faz euro saltar para máxima de quase dois meses

Arquivado em: Negócios, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de outubro de 2019 as 12:10, por: CdB

As esperanças de um acordo do Brexit esta semana tiraram o euro de uma tendência de baixa e o elevaram acima de US$ 1,11 pela primeira vez em um mês.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O euro subia para seus níveis mais altos em quase dois meses contra o dólar nesta quinta-feira, depois que a União Europeia e o Reino Unido fecharam um acordo sobre o Brexit. Embora o acordo ainda precise ser ratificado pelo Parlamento britânico, os operadores elevaram rapidamente a libra e o euro em mais de 1% e 0,5%, respectivamente.

Nesta quinta-feira, o euro chegou a subir 0,5%, para US$ 1,1140, antes de devolver alguns ganhos, avançando 0,4%, para US$ 1,1112
Nesta quinta-feira, o euro chegou a subir 0,5%, para US$ 1,1140, antes de devolver alguns ganhos, avançando 0,4%, para US$ 1,1112

As esperanças de um acordo do Brexit esta semana tiraram o euro de uma tendência de baixa e o elevaram acima de US$ 1,11 pela primeira vez em um mês.

O Reino Unido fechou um acordo do Brexit com a União Europeia nesta quinta-feira, disse o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, poucas horas antes do início de uma cúpula dos líderes do bloco em Bruxelas.

Nesta quinta-feira, o euro chegou a subir 0,5%, para US$ 1,1140, antes de devolver alguns ganhos, avançando 0,4%, para US$ 1,1112. A libra saltou mais de 1% e os preços das ações britânicas tinham alta nesta quinta-feira devido às notícias sobre o Brexit.

Contra uma cesta de seus rivais, o dólar caía 0,4%, para 97,496, nível mais baixo desde o final de agosto. O dólar também sofreu no início das negociações no Reino Unido devido aos dados fracos dos EUA.

As vendas no varejo dos EUA caíram pela primeira vez em sete meses em setembro, enquanto um relatório do Federal Reserve descreveu o progresso da economia em termos cautelosos.

Índices em alta com acordo

Os mercados acionários europeus avançavam nesta quinta-feira, com destaque para as ações britânicas, depois que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e autoridades da União Europeia disseram que o acordo do Brexit foi fechado.

Às 7:56 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 subia 0,49%, a 1.550 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,51%, a 395 pontos, tendo alcançado mais cedo a máxima desde maio de 2018.

O índice de mid-caps do Reino Unido chegou a subir mais de 1,1%, enquanto o francês CAC 40 chegou ao nível mais alto em 12 anos.

Reino Unido quer acordo com UE

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou que o Reino Unido e a UE fecharam um novo acordo do Brexit, e que ele recomenda à cúpula da UE que endosse o acordo.

O Reino Unido tentará selar um ambicioso acordo de livre comércio com a União Europeia depois de deixar o bloco, incluindo tarifas zero e sem cotas, informou a Comissão Europeia nesta quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *