Alemanha e Áustria intensificam controles na fronteira

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 1 de junho de 2018 as 10:30, por: CdB

Autoridades alemãs e austríacas incrementam medidas conjuntas de segurança fronteiriça, incluindo maior fiscalização dos trens de carga. Governos apontam necessidade de combater criminalidade e imigração ilegal

Por Redação, com DW – de Berlim:

A Alemanha e a Áustria começaram a reforçar a segurança em suas fronteiras comuns nesta sexta-feira, com medidas que incluem patrulhas de três policiais e maior fiscalização dos trens de carga.

Aumento do controle fronteiriço envolverá polícias federais alemãs e austríaca, e estadual da Baviera

O aumento dos controles, a ser revisto dentro de três meses; envolverá as polícias federais alemãs e austríaca e a do estado alemão da Baviera; que faz fronteira com a Áustria e nos últimos anos sofreu grande afluxo de imigrantes vindos do país vizinho.

O foco principal das medidas são os trens de mercadorias; de acordo com o porta-voz da polícia federal alemã em Munique, Thomas Borowik: “Queremos impedir precocemente ingressos ilegais perigosos em trens de carga e evitar acidentes”. Segundo eles, os migrantes colocam muitas vezes suas vidas em risco ao viajar entre os vagões; ou sobre contêineres de caminhão transportados por via férrea.

Em 2017, cerca de mil migrantes foram descobertos quando viajavam em trens de carga na região sob jurisdição da polícia federal de Munique. Em maio, o secretário do Interior da Baviera, Joachim Herrmann, declarou que as medidas de segurança nas fronteiras também eram necessárias para combater a criminalidade e o terrorismo.

UE

Na zona de Schengen, à qual pertence a maioria dos países-membros da União Europeia (UE); incluindo Alemanha e Áustria, os controles fronteiriços só podem ser impostos em casos excepcionais e por tempo limitado.

A Alemanha, no entanto, reimplementou controles em sua fronteira com a Áustria em setembro de 2015; em meio a um aumento dos imigrantes e refugiados tentando entrar no país. Embora as medidas devessem ter expirado em 12 de maio; o ministro do Interior Horst Seehofer, ex-governador da Baviera; anunciou em abril que queria prorrogar os controles.

Áustria, França, Dinamarca, Suécia e Noruega são os outros países do espaço de Schengen que impuseram controles fronteiriços temporários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *