Alemanha e Reino Unido pedem que Irã interrompa seu enriquecimento de urânio

Arquivado em: América do Norte, Europa, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 7 de julho de 2019 as 11:49, por: CdB

As autoridades iranianas anunciaram que o país começaria a enriquecer urânio a níveis superiores ao permitido.

Por Redação, com Sputnik – de Bruxelas

Reino Unido e Alemanha reagiram mal neste domingo à notícia de que o Irã irá enriquecer urânio a níveis superiores aos estipulados no acordo internacional firmado com potências estrangeiras em 2015. Os dois países pediram que Teerã interrompa esse enriquecimento supostamente ilegal imediatamente.

Reino Unido e Alemanha pedem que Irã interrompa imediatamente seu enriquecimento de urânio

Mais cedo, as autoridades iranianas anunciaram que o país começaria a enriquecer urânio a níveis superiores ao permitido pelo acordo nuclear (3,67%) já na próxima segunda-feira.

Através de seus respectivos serviços diplomáticos, Londres e Berlim reagiram de forma dura ao anúncio.

“O Irã violou os termos do JCPOA (Plano de Ação Conjunto Global)… Enquanto o Reino Unido continua totalmente comprometido com o acordo, o Irã deve parar imediatamente e cancelar todas as atividades contrárias às suas obrigações”, disse o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido em um comunicado. “Pedimos veementemente ao Irã que pare e reverta todas as atividades incompatíveis com seus compromissos”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, citando a produção de quantidades maiores de urânio pouco enriquecido e o enriquecimento a níveis mais altos do que o permitido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *