Analistas de mercado ampliam chance de contração ser ainda maior neste ano

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 15 de junho de 2020 as 17:56, por: CdB

O cenário para o Produto Interno Bruto (PIB) agora é de contração de 6,51% em 2020, contra queda de 6,48% na semana anterior, enquanto a expectativa de crescimento em 2021 de 3,50% foi mantida.

Por Redação, com Reuters – de Brasília

A projeção para a contração da economia brasileira neste ano chegou a 6,51% e o mercado passou a ver a taxa básica de juros mais baixa em 2021, de acordo com a pesquisa Focus que o Banco Central divulgou nesta segunda-feira.

Analistas consultados pelo BC para a pesquisa Focus agora estimam que o PIB crescerá 0,87% em 2019, ante 0,80% uma semana antes
Analistas consultados pelo BC para a pesquisa Focus agora estimam que o PIB cairá para além dos 6% até dezembro

O cenário para o Produto Interno Bruto (PIB) agora é de contração de 6,51% em 2020, contra queda de 6,48% na semana anterior, enquanto a expectativa de crescimento em 2021 de 3,50% foi mantida.

O levantamento semanal mostrou ainda que a Selic deve terminar este ano em 2,25% depois de um corte de 0,75 ponto percentual esta semana. Mas a projeção para o final de 2021 caiu a 3,0%, de 3,50%.

Centro da meta

Entretanto o Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, vê a taxa básica de juros ainda mais baixa no próximo ano, terminando tanto 2020 quanto 2021 a 2,25%, respectivamente de 2,13% e 2,75% no levantamento anterior.

Para a inflação, o mercado elevou a previsão para a alta do IPCA este ano a 1,60%, de 1,53%, mas para o ano que vem caiu a 3,0%, de 3,10%.

O centro da meta oficial de 2020 é de 4% e, de 2021, de 3,75%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Já a expectativa para o déficit em conta corrente caiu a US$ 13,95 bilhões em 2020, de um saldo negativo de US$ 20,50 bilhões esperado antes. Para 2021 é esperado um déficit de US$ 20,88 bilhões, contra saldo negativo de US$ 32,75 bilhões antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *