Andy Murray desiste do Aberto da Austrália devido a lesão

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 4 de janeiro de 2018 as 11:48, por: CdB

Murray caiu para a 16ª posição do ranking mundial desde que foi derrotado pelo norte-americano Sam Querrey nas quartas de final de Wimbledon

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O ex-tenista número um do mundo Andy Murray desistiu de disputar o Aberto da Austrália por não ter conseguido se recuperar de uma lesão no quadril.

O ex-tenista número um do mundo Andy Murray
 
O vencedor de três títulos do Grand Slams não disputa uma partida competitiva desde Wimbledon, em julho passado; e apesar de ter feito uma exibição de um set em Abu Dhabi na semana passada, o britânico decidiu se concentrar na reabilitação.

– Infelizmente não jogarei em Melbourne neste ano; já que não estou pronto para competir – disse Murray; cinco vezes vice-campeão do torneio australiano, em um comunicado.

– Voarei para casa em breve para avaliar todas as opções, mas agradeço todas as mensagens de apoio e espero voltar a jogar logo.

O diretor do Aberto da Austrália, Craig Tiley, disse: “Estamos plenamente cientes de que Andy está passando por um período difícil com seu quadril; e que fez todo o possível para se preparar para o verão australiano”.

– Pessoalmente, também sei que Andy ama o tênis e que faria tudo para jogar. Esta é uma decisão muito difícil para Andy, e a respeitamos totalmente.

Ranking mundial

Murray caiu para a 16ª posição do ranking mundial desde; que foi derrotado pelo norte-americano Sam Querrey nas quartas de final de Wimbledon.

O tenista de 30 anos tentou voltar às quadras no Aberto dos Estados Unidos; em agosto. Mas foi obrigado a desistir dois dias antes do início da competição.

Novak Djokovic, outro ex-número um do mundo, enfrenta uma corrida contra o tempo para se recuperar de uma lesão no cotovelo desde que se retirou do ATP 250 do Catar.

Djokovic

O tenista Novak Djokovic, ex-número 1 do mundo, desistiu de disputar um torneio de exibição em Abu Dhabi devido a dores no cotovelo direito, em um baque na preparação do sérvio para o Aberto da Austrália em janeiro.

Djokovic, 12 vezes campeão de torneios do Grand Slam, estrearia na temporada contra o espanhol Roberto Bautista Agut. Mas foi aconselhado por sua equipe médica a desistir do torneio poucas horas antes do início da partida.

O sérvio não joga uma partida desde que foi forçado a desistir nas quartas de final de Wimbledon contra Tomas Berdych, em julho; devido a uma contusão no cotovelo.

Mubadala World Tennis Championship

– Estou terrivelmente frustrado por ter sido forçado a desistir do Mubadala World Tennis Championship – disse Djokovic em comunicado. “Infelizmente, nos últimos dias comecei a sentir dor no cotovelo e; após vários exames; minha equipe médica me aconselhou a não correr nenhum risco; a desistir do torneio e continuar imediatamente os tratamentos.”

Os organizadores do torneio informaram que o britânico Andy Murray concordou em substituir Djokovic em uma partida de exibição contra Bautista Agut. Murray não joga há seis meses em decorrência de um problema no quadril. Mas estava em Abu Dhabi como parte de sua reabilitação.

O Aberto da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam de 2018, começa em 15 de janeiro no Melbourne Park.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *