Apresentação de Elon Musk frustra mercado de energia e ações desabam

Arquivado em: Destaque do Dia, Energia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 23 de setembro de 2020 as 14:22, por: CdB

Nenhuma das coisas prometidas por Elon Musk, dono da Tesla Motors, foi anunciada no evento e analistas do UBS disseram que as inovações reveladas e a promessa de entregar um modelo de mercado de massa abaixo de 25 mil dólares em três anos também trazem riscos associados.

Por Redação, com Reuters – de Los Angeles (CA-EUA)

A Tesla teve um choque da realidade no mercado de ações nesta quarta-feira após o aguardado evento “Battery Day”, que os analistas de Wall Street julgaram principalmente por suas omissões e prazos de entrega vagos.

Musk tem elevado o valor de venda da Tesla Motors a níveis sem precedentes na história da companhia
Musk derruba o valor de venda da Tesla Motors depois de frustrar os investidores pela falta de avanço nas promessas

Investidores esperavam dois grandes anúncios do presidente-executivo Elon Musk: o desenvolvimento de uma bateria com um grande alcance e válida por 10 anos ou mais, e uma meta específica de redução de custos – expressa em dólares por quilowatt-hora – que finalmente tornaria o preço de um veículo elétrico menor que o de um carro a gasolina.

Nenhuma das coisas foi anunciada no evento e analistas do UBS disseram que as inovações reveladas e a promessa de entregar um modelo de mercado de massa abaixo de 25 mil dólares em três anos também trazem riscos associados.

Ações em queda

“Quando (o carro) chegar, haverá concorrência significativa no segmento, do grupo VW, entre outros. O mercado provavelmente vai considerar negativo que levará pelo menos mais um ano para ver algumas dessas inovações em um produto real”, escreveram analistas do banco em nota a clientes.

As ações da montadora elétrica caíam cerca de 5% na manhã desta quarta-feira e no caminho de provocar uma queda de US$ 20 bilhões no valor de mercado em relação ao preço de fechamento de terça-feira.

O Morgan Stanley disse que Musk mostrou um progresso substancial, mas também revelou o tamanho da tarefa da empresa. “Elon não pode fazer isso sozinho … a Tesla precisa de ajuda para chegar lá”, escreveram seus analistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *