Ataque atinge escritório de grupo de direitos humanos na Rússia

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 as 10:10, por: CdB

O grupo está sob pressão na região de maioria muçulmana de Cáucaso do Norte, depois que a polícia da Chechênia deteve o chefe de seu escritório

Por Redação, com Reuters – de Moscou:

Um dos maiores grupos de direitos humanos da Rússia disse nesta quarta-feira que um de seus escritórios no sul do país foi gravemente danificado por um ataque incendiário durante a noite, em um incidente que disse fazer parte de uma campanha para expulsá-lo da região.

Um dos maiores grupos de direitos humanos da Rússia disse nesta quarta-feira que um de seus escritórios no sul do país foi gravemente danificado por um ataque

Imagens do escritório do grupo Memorial, localizado em Nazran, cidade russa da região de Ingushetia, que faz fronteira com a Chechênia, mostraram o interior do escritório queimado, repleto de escombros danificados pelo fogo.

O grupo está sob pressão na região de maioria muçulmana de Cáucaso do Norte, depois que a polícia da Chechênia deteve o chefe de seu escritório neste mês e o acusou de posse de grande quantidade de maconha, crime que prevê pena de até 10 anos de prisão.

Preocupações

Preocupações sobre o caso do ativista detido, Oyub Titiev; que escreveu ao presidente russo, Vladimir Putin, dizendo que foi incriminado injustamente e; que a polícia implantou as drogas em seu carro; fizeram com que os Estados Unidos e a Europa pedissem sua liberação.

O grupo de direitos humanos irritou autoridades na Chechênia ao reportar desaparecimentos; tortura; e o uso de incêndios como forma de punição. A predecessora de Titiev, Natalia Estemirova, foi sequestrada e morta a tiros em 2009.

O líder da Chechênia, Ramzan Kadyrov, disse que alegações de que autoridades usam violência de maneira ilegal; são falsas e inventadas para conseguir apoio estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *