Ataque a faca fere turistas na Jordânia

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 6 de novembro de 2019 as 13:59, por: CdB

Agressor é preso após deixar ao menos oito pessoas feridas, incluindo três mexicanos e uma suíça. Atentado ocorreu em Jerash, no norte do país, cidade que abriga ruínas da época do Império Romano.

Por Redação, com DW – de Amã

Pelo menos oito pessoas, incluindo quatro turistas estrangeiros, ficaram feridas nesta quarta-feira durante um ataque a faca no sítio arqueológico de Jerash, cidade no norte da Jordânia, informaram as forças de segurança locais.

Situada cerca de 40 quilômetros ao norte de Amã, Jerash atrai turistas de todo o mundo
Situada cerca de 40 quilômetros ao norte de Amã, Jerash atrai turistas de todo o mundo

Entre as vítimas estão três turistas mexicanos e uma suíça. Quatro jordanianos, incluindo um guia turístico e um membro das forças de segurança, também ficaram feridos, segundo as autoridades.

Um porta-voz dos serviços de segurança jordanianos afirmou que o agressor foi imediatamente detido. Duas vítimas foram hospitalizadas em estado crítico.

Localizada cerca de 40 quilômetros ao norte da capital jordaniana, Amã, Jerash abriga diversas ruínas da época do Império Romano. O lugar é mencionado na Bíblia e atrai turistas de todo o mundo.

Essa não é a primeira vez que atrações turísticas são alvo de ataques na Jordânia.

Estado Islâmico

Em dezembro de 2016, outro local turístico, Karak, cerca de 120 quilômetros ao sul de Amã, foi palco de um ataque que deixou 10 mortos, sete policiais, dois civis jordanianos e um turista canadense, e 30 feridos. O atentado foi reivindicado pelo grupo terrorista “Estado Islâmico” (EI).

Dez pessoas foram condenadas pelo crime, a sentenças que variaram entre três anos de prisão e a pena de morte.

A Jordânia é conhecida por seus sítios arqueológicos, que estão entre os mais importantes do Oriente Médio, como a cidade de Petra, uma das sete maravilhas do mundo, ou o templo romano de Jerash.

O deserto de Wadi Rum e o Mar Morto também estão entre as suas atrações turísticas. O turismo é um dos principais recursos do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *