França quer que UE avance com imposto digital se esforços globais falharem 

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 11 de setembro de 2020 as 13:31, por: CdB

A União Europeia deve implementar seu próprio imposto digital no primeiro trimestre de 2021, se os esforços mais amplos para encontrar uma solução internacional não mostrarem avanços neste ano, disse o ministro das finanças francês nesta sexta-feira.

Por Redação, com Reuters – de Berlim/Paris

A União Europeia deve implementar seu próprio imposto digital no primeiro trimestre de 2021, se os esforços mais amplos para encontrar uma solução internacional não mostrarem avanços neste ano, disse o ministro das finanças francês nesta sexta-feira.

Ministro das finanças francês, Bruno Le Maire, em evento em Berlim, Alemanha
Ministro das finanças francês, Bruno Le Maire, em evento em Berlim, Alemanha

Quase 140 países estão negociando atualmente a primeira grande reformulação das regras tributárias internacionais em uma geração para lidar com o crescimento de grandes empresas digitais.

Definir as regras

Com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) ainda devendo um plano para o acordo para o mês que vem, o objetivo de definir as regras até o final do ano parece cada vez mais desafiador.

Falando a repórteres antes de uma reunião de ministros de finanças europeus em Berlim, o francês Bruno Le Maire disse que busca um sistema tributário internacional justo e eficiente o mais rápido possível e de preferência dentro da estrutura da OCDE.

– Se você olhar para as consequências da crise econômica, os únicos vencedores são as gigantes digitais – disse Le Maire.

– Quero deixar as coisas muito claras: se não for possível chegar a um consenso no final deste ano ao nível da OCDE … deveríamos ter, no início do próximo ano, 2021, uma solução europeia para tributação digital.

Le Maire acusou os Estados Unidos de tentar prejudicar as negociações internacionais para atualizar a tributação internacional para a era digital.

O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, disse que os ministros das finanças da UE discutiriam a situação e como proceder no assunto.

– Estamos trabalhando muito para obter um plano sobre a questão da tributação digital na OCDE – disse Scholz.

– E trabalharemos para tornar viável um consenso global sobre esta questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *