Bottas olha Hamilton pelo retrovisor, na largada em Nürburgring

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado sábado, 10 de outubro de 2020 as 15:02, por: CdB

Max Verstappen, da Red Bull, que estava na pole provisória depois das primeiras voltas da última sessão no circuito alemão, qualificou-se em terceiro lugar, com Charles Leclerc, da Ferrari, em quarto.

Por Redação, com Reuters – de Nürburg, Alemanha

O piloto finlandês de Fórmula 1 Valtteri Bottas conquistou, na tarde deste sábado, a pole position no circuito de Nürburgring com uma última volta “certeira”. Seu companheiro de Mercedes e líder do campeonato de F1, Lewis Hamilton, se juntou a ele na primeira fila do autódromo legendário.

Bottas larga na frente, em Nürburgring, seguido de perto por Lewis Hamilton
Bottas larga na frente, em Nürburgring, seguido de perto por Lewis Hamilton

Max Verstappen, da Red Bull, que estava na pole provisória depois das primeiras voltas da última sessão no circuito alemão, qualificou-se em terceiro lugar, com Charles Leclerc, da Ferrari, em quarto.

A pole de Bottas foi a sua terceira em 2020 e a 11ª em 11 corridas da Mercedes nesta temporada, mas a disputa parecia equilibrada até o fim, quando o finlandês fez um grande esforço para vencer Hamilton por 0,256.

— É uma sensação tão boa quando você consegue na última volta, com a última chance. A última volta na qualificação três foi certeira, exatamente o que eu precisava — disse Bottas, após comemorar sua 14ª pole na carreira.

Mau tempo

Bottas está 44 pontos atrás do seis vezes campeão mundial Hamilton, que ainda tem chances de igualar o recorde histórico de 91 vitórias de Michael Schumacher, no domingo, em uma pista que sediou uma corrida de F1 pela última vez em 2013. Ambos os pilotos vão começar a prova com pneus macios.

— Ele ficou dois décimos à frente, fez um ótimo trabalho, então parabéns — disse o britânico, que como todos os outros teve apenas uma sessão de treinos para ajustar o carro depois que a sessão de sexta-feira foi destruída pelo mau tempo.

Alexander Albon, da Red Bull, se classificou em quinto, e os companheiros de equipe da Renault, Daniel Ricciardo e Esteban Ocon, em sexto e sétimo, respectivamente. O alemão Nico Hulkenberg, chamado para substituir Lance Stroll na equipe Racing Point, será o último do grid. À frente dele, em 19º, estará Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, marcando um recorde de 323 corridas – uma a mais do que o brasileiro Rubens Barrichello.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *