Brasileiras disputam vaga na Academia da Ferrari

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 11 de janeiro de 2021 as 14:05, por: CdB

Com a presença de duas jovens pilotas brasileiras, a fase final do programa FIA Girls On Track – Rising Stars, que é promovido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), começou nesta segunda-feira em Maranello, na Itália.

Por Redação, com ANSA e Reuters  – de Roma/Londres
Com a presença de duas jovens pilotas brasileiras, a fase final do programa FIA Girls On Track – Rising Stars, que é promovido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), começou nesta segunda-feira em Maranello, na Itália.

Duas jovens brasileiras estão na grande decisão da iniciativa
Duas jovens brasileiras estão na grande decisão da iniciativa

A fase decisiva do programa foi adiada no meio de novembro do ano passado, após uma das quatro finalistas ter contraído o coronavírus Sars-CoV-2.

Automobilismo

A iniciativa tem como objetivo descobrir jovens talentos femininos no automobilismo. A vencedora terá a chance de ingressar na Fórmula 4, uma das categorias de acesso para a Fórmula 1, e entrar na Academia de Pilotos da Ferrari.
As brasileiras Júlia Ayoub e Antonella Bassani, a francesa Doriane Pin e a holandesa Maya Weug serão avaliadas entre esta segunda e sexta-feira. O programa de atividades inclui testes de psico-aptidão, sessões de treinamentos físicos e mentais.
Além disso, elas passarão por um simulador de carro de corrida.
A parte mais esperada e importante da seleção acontecerá nos últimos dois dias, quando as pilotas irão correr no circuito de Fiorano, na Itália, em um monoposto da Fórmula 4.

GP da Austrália

O Grande Prêmio da Austrália será adiado para o final da temporada de Fórmula 1, com Barein substituindo-o como corrida de abertura em março, disse à agência inglesa de notícias Reuters o proprietário da equipe Aston Martin, Lawrence Stroll.

A medida, devido à pandemia de covid-19 e às restrições de quarentena, foi amplamente divulgada na mídia, mas ainda não foi confirmada pela Fórmula 1 ou pelos organizadores locais.

– Melbourne está, não foi oficialmente anunciado, mas será, adiada, não cancelada. Iremos para lá em algum momento do outono (no hemisfério norte) e a primeira corrida será no Barein – disse o bilionário canadense.

Ele fez o comentário antes do anúncio de um novo patrocínio para a equipe com a empresa de TI Cognizant.

As equipes de Fórmula 1 concordaram com a mudança em uma reunião virtual com o novo presidente-executivo da Fórmula 1, Stefano Domenicali, na semana passada.

Equipes de Fórmula 1

Fontes disseram que a mesma reunião também deixou acertada a mudança dos testes de pré-temporada do Circuito da Catalunha, em Barcelona, para o Barein, sem definir uma data.

O calendário de corridas da última temporada teve que ser reformulado devido à pandemia, com 17 provas na Europa e no Oriente Médio, e alguns circuitos, incluindo Barein, recebendo dois grandes prêmios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *