Charles Leclerc vence Grande Prêmio da Bélgica

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado domingo, 1 de setembro de 2019 as 17:39, por: CdB

A Fórmula 1 volta às pistas na próxima semana para o Grande Prêmio da Itália, disputado no circuito de Monza.

Por Redação, com EFE – de Bruxelas

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) venceu neste domingo o Grande Prêmio da Bélgica, o primeiro de sua promissora carreira, em um dia de luto no circuito de Spa-Francorchamps devido ao acidente que ontem matou o piloto francês Anthoine Hubert, da Fórmula 2.

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) venceu neste domingo o Grande Prêmio da Bélgica

Pole position no treino de classificação de ontem, Leclerc chegou a ser superado pelo companheiro de equipe, Sebastian Vettel, no início da prova. No entanto, recuperou a posição após ordem da Ferrari, que decidiu privilegiar o desempenho superior da jovem promessa na pista.

Um dos pilotos da Fórmula 1 mais próximos a Hubert, o monegasco ainda conseguiu manter a tranquilidade nas voltas finais da corrida, quando foi pressionado pelo britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que cruzou a linha de chegada na segunda posição.

O companheiro de equipe do pentacampeão mundial, o finlandês Valtteri Bottas, completou o pódio. Vettel, sem ritmo, foi obrigado a fazer um segundo pit stop e terminou a prova na quarta posição.

Antes do início da prova, os pilotos de todas as categorias que estavam presentes em Spa-Francorchamps fizeram um minuto de silêncio em homenagem a Hubert, que morreu ontem em um grave acidente depois da saída da Eau Rouge, uma das mais famosas curvas do circuito. A mãe e o irmão do jovem francês participaram da emotiva cerimônia.

Alexander Albon

Em sua primeira corrida com a Red Bull, o tailandês Alexander Albon foi o quinto colocado na prova, aproveitando-se da falta de sorte do britânico Lando Norris (McLaren), que quebrou na última volta.

Completaram o top-10 o mexicano Sergio Pérez (Racing Point), na sexta posição, seguido do russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e do alemão Nico Hülkenberg (Renault). Também entraram na zona de pontuação o francês Pierre Gasly (Toro Rosso), em nono, e o canadense Lance Stroll (Racing Point), na décima colocação.

Apesar do segundo lugar, Hamilton avança com tranquilidade para conquistar seu sexto título. Agora, o britânico lidera o Mundial de Pilotos com 268 pontos, uma vantagem de 65 para Bottas e de 87 para o holandês Max Verstappen (Red Bull), que abandonou a prova na primeira volta após se envolver em um acidente na largada.

A Fórmula 1 volta às pistas na próxima semana para o Grande Prêmio da Itália, disputado no circuito de Monza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *