Chuvas fortes caem na Austrália, mas incêndios ainda resistem

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Natureza, Últimas Notícias
Publicado sábado, 18 de janeiro de 2020 as 17:25, por: CdB

Apesar da forte chuva, as autoridades ainda estão lutando contra quase 100 incêndios – parte das queimadas que mataram 29 pessoas desde setembro, destruíram mais de 2.500 casas e arrasaram uma área com quase um terço do tamanho da Alemanha.

 

Por Redação, com Reuters – de Melbourne

 

Partes da costa leste da Austrália foram atingidas por fortes tempestades, neste sábado, apagando algumas das queimadas que devastaram a região por meses, mas também fazendo com que estradas fossem fechadas e causando enchentes. O medo de que a fumaça das queimadas atrapalhasse o Aberto da Austrália de tênis em Melbourne, onde a chave principal começará na segunda-feira, tornou-se menor.

Milhares de coalas morreram, vítimas dos incêndios que assolam todo o continente australiano
Milhares de coalas morreram, vítimas dos incêndios que assolam todo o continente australiano

Apesar da forte chuva, as autoridades ainda estão lutando contra quase 100 incêndios – parte das queimadas que mataram 29 pessoas desde setembro, destruíram mais de 2.500 casas e arrasaram uma área com quase um terço do tamanho da Alemanha.

Victoria, New South Wales e Queensland, três dos Estados mais atingidos por secas e incêndios, agora estão lidando com a chuva em várias áreas.

Trovoadas

Grandes rodovias foram fechadas em Queensland neste sábado, com o Estado recebendo parte da chuva mais forte que a Austrália viu em meses, e a energia foi cortada em partes de New South Wales, após uma noite de tempestades.

“Chuvas fortes e intensas diminuíram, mas chuvas e trovoadas ainda são possíveis ao longo do fim de semana”, disse o Departamento de Meteorologia de Queensland, pelo Twitter, neste sábado. “Cuidado nas ruas – se estiverem com enchentes, esqueça”, divulga o comunicado.

Partes do sul de Queensland viram o triplo da quantidade de chuva mensal em uma noite. Nenhum grande dano foi relatado, embora algumas áreas residenciais tenham sido inundadas e muitos dos parques estatais e atrações turísticas tenham ficado fechados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *