sexta-feira, 23 de junho de 2017 • ANO XVII • N° 6.360

16 Comments

  1. 16

    Leônidas Costa Andrade

    “ESCUTAI POVO MEU A MINHA LEI” é exatamente o que está sendo feito, a minha (nossa) lei é a constituição brasileira e nela “ESTÁ ESCRITO” que discriminação é crime, que todos somos iguais perante a lei, também um cara ai no passado andou pregando que “DEUS NOS DEU O LIVRE ARBÍTRIO”.

  2. 15

    Marcelo Delfino

    Quer dizer que os homossexuais merecem respeito porque “pagam impostos como todos nós”? E se não pagassem impostos? Mereceriam a pena de morte? Que mentalidade neoliberal, essa desses pseudo-defensores da causa GLBTT.

  3. 14

    Paulo Cesar Semblano da Costa

    Má fé intelectual é muito relativo. Posso achar que é você que está agindo desta maneira, e você achar que sou eu.
    Fascismo para você é como o descreveu.
    Fascismo para mim é, entre outras coisas, a imposição de um comportamento de uma minoria sobre toda a população brasileira.
    E sem a consultar, impondo-lhe de cima para baixo. Além de fascista, é antidemocrática, hitlerista e ditatorial.
    Copiar um trecho de outro site é viável para defender o que se acredita.
    A PL 122 É para incutir um determinado comportamento sexual na mente das crianças brasileiras, isso sem consultar os seus pais.
    É o governo em seu modo mais podre de ser: legislar sobre como as pessoas devem se comportar.
    O sistema nazista e as ditaduras comunistas começaram exatamente desta maneira, até tomar o poder de modo absoluto.

  4. 13

    Arnaldo Ribeiro

    DISCÍPULOS DO SABER EM CRISTO: CUIDAI QUE MUITAS BÍBLIAS JÁ FORAM INUTILIZADAS PELAS MÃOS DA IGNORÂNCIA, (IS.30.12) – PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
    (AP.22.18) – Eu, a todo Aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: (AP.22.19) – Se alguém tirar qualquer cousa das palavras do livro desta profecia; Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das cousas que se acham escritas neste livro: (2CO.11.31) – O Deus e Pai do Senhor Jesus, que é eternamente bendito, sabe que não minto: (MT.7.23) – Então, lhes direi explicitamente: Caso adulterem a literatura bíblica, ainda que seja a guisa de atualização ortográfica, também estarão anulando a palavra, e a Santa Lei de Deus; (MT.5.18) – porque em verdade vos digo: Até que o céu e a terra passem, nem um I ou um TIL jamais passará da lei, até que tudo se cumpra. (1CO.2.12) – Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente: (LC.10.2) – A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos: (SL.94.16) – Quem se levantará a meu favor, contra os perversos? (ÊX.35.10) – Venham todos os Homens hábeis entre vós, e façam tudo o que o Senhor ordenou; (LE.6.12) – pois quem sabe o que é bom para o Homem, durante os poucos dias de sua vida de vaidade, os quais gasta como sombra? (1PE.1.14) – Como Filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente, na vossa ignorância: (2JB.1.8) – Acautelai-vos para não perderdes aquilo que temos realizado com esforço, mas para receberdes completo galardão: (JB.6.45) – Está escrito nos Profetas: E todos serão ensinados por Deus: Portanto Aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vêm a mim: Aprendei a recompor a literatura bíblica, assim: (JB.12.13) – HOSANA! BENDITO O QUE VEM EM NOME DO SENHOR E QUE É REI DE ISRAEL: (São 50 letras e 3 sinais que reiteram o testemunho do Nosso Espírito Santo, assim): E TENHO ENSINADO O QUE VEM DESSE HOMEM: E QUE É ARNALDO RIBEIRO!

  5. 12

    Arnaldo Ribeiro

    JESUS CRISTO LIVRA A FAMILIA TERRENA DO MAL DO ABORTO COM O PODER DA FÉ: (ES.57.2) – (LE.6.1) – Há um mal que vi debaixo do sol, e que pesa sobre os homens: (DT.13.11) – E todo o Israel ouvirá e temerá, e não se tornará a praticar maldade como esta no meio de ti; (JR.15.5) – pois quem compadeceria de ti, ó Jerusalém? (LE.5.18) – Eis o que eu vi: (EC.25.26) – Toda a malicia é leve em comparação da malicia da mulher, sobre ela caia a sorte dos pecadores: (ÊX.32.31) – Ora, o povo cometeu grande pecado, fazendo para si deuses de ouro: (SL.57.2) – Clamarei ao Deus Altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa: (LM.2.20) – Vê, Senhor, e considera a quem fizeste assim! Hão de as mulheres comer o fruto do seu carinho? Ou se matará no santuário do Senhor, o sacerdote e o profeta? (JÓ.10.18) porque, pois, me tiraste da madre? Ah! Se eu morresse antes que olhos nenhuns me vissem; (JÓ.81.16) – ou, como um aborto oculto, eu não existi ria, como crianças que nunca viram a luz:(JÓ.5.4)–Os seus filhos estão longe do socorro, são espezinhados as portas e não há quem os livre: (LE.8.11) – Visto como não se executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal: (HC.2.2) – O Senhor me respondeu e disse: (IS.7.7.) – Isto não subsistirá nem tampouco acontecerá: (ÊX.23.26) – Na tua terra não haverá mulher que aborte, completarei o numero dos teus dias; (1CO.15.45) – pois assim está escrito:(AR.916.64)

    (Na pagina 156 da Bibliogênese: São 973 letras e 56 sinais que revelam isto):

    Eu sou o Espírito do Senhor Deus, do vosso Pai Eterno, que testei as almas dos filhos de Adão e Eva na minha Lei, e que hoje diz a verdade aos Homens e as Mulheres, na ação de um Santo Profeta que crê, ama, luta e tem falado por mim: Escutai, entendei, amai e lutai; pois haverá bom futuro no Homem que se faz filho do amor, e que se levanta como esse Ser Espiritual iluminado, como o Cristo: Agora existe outro Cristo com o poder do seu Deus, e não haverá mais a malicia do diabo, nem o abominável mal do aborto; porque aqui o Filho do Homem decreta e promulga esta sentença na Santa Lei de Deus: Quem praticar o aborto na obra da criação, cometerá uma loucura e um pecado imperdoável, pois o aborto provocado será considerado como crime de morte na terra do futuro povo Cristão: Então, tanto os homens como as mulheres já passaram a ser pecadores conscientes à luz do saber de Israel, e também não poderão escapar da mão do Senhor, como execu-tores desse crime: Testemunhai que Cristo veio ensinar aos Cristãos como executar as nossas leis e estatutos, e a espiritualizar as almas das crianças, ao ler à si: O Senhor Deus provou aos Homens e às Mulheres que eu existo como o Cristo? E seguireis o nosso Espírito que não morrerá ? (IL.973.56)

  6. 11

    Arnaldo Ribeiro

    REPATRIANDO PARA JERUSALÉM O POVO DE ISRAEL QUE PERMANECIA EXILADO NA BABILÔNIA, CULTUANDO DEUSES FAJUTOS E PADECENDO SOB O JUGO DE PECADOS INCONSCIENTES: Até o dia 30.09.1985, poucos entendiam o significado disto: (AP.17.5) – BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA: (IS.16.14) – AGORA, PORÉM, O SENHOR FALA E DIZ: (LE.1.12) – EU, O PREGADOR, VENHO SENDO REI DE ISRAEL EM JERUSALÉM; (JÓ.34.30) – PARA QUE O IMPIO NÃO REINE E NÃO HAJA QUEM ILUDA O POVO: (JR.29.20) – OUVI, POIS. A MINHA PALAVRA, TODOS VÓS, OS QUE ENVIEI DE JERUSALÉM PARA O EXILIO DA BABILÔNIA; (1PE.4.17) – PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUÍZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA: (LV.17.12) PORTANTO, TENHO DITO AOS FILHOS DE ISRAEL: Agora todo mundo entenderá que os donos da mídia, os gentios, e todos os desalmados que escondem da nossa gente a herança que a Ação do Amor tem legado aos futuros Cristãos, através da Bibliogênese de Israel; JÁ PASSARAM A SER PECADORES CONSCIENTES, pois sabem que perpetuam a ignorância dos descrentes que continuarão na Babilônia praticando o mal da mentira, da idolatria, da injustiça,da imoralidade, dos vícios, da prostituição, dos casamentos ilícitos, do aborto, do adultério, da corrupção, da feitiçaria, da violência, das guerras, e de muitos outros pecados abomináveis; que têm infernizado a vida terrena: Confiai e participai desta Providência Divina:i (LV.18.29) NÃO SUCEDA QUE A TERRA VOS VOMITE, HAVENDO-A VÓS CONTAMINADO, COMO VOMITOU O POVO QUE NELA ESTAVA ANTES DE VÓS: (MT.810) – OUVINDO ISTO ADMIROU-SE JESUS E DISSE AOS QUE O SEGUIAM: (LC.8.45) – ALGUÉM ME TOCOU, PORQUE SENTI QUE DE MIM SAIU PODER: (JB.15.22) – SE EU NÃO VIERA, NEM LHES HOUVERA FALADO, PECADO NÃO TERIAM, MAS AGORA NÃO TEM DESCULPA DO SEU PECADO; (1TS.4.3) – POIS ESTA É A VONTADE DE DEUS: (JB.15.25) – ISTO, PORÉM, É PARA EU QUE CUMPRA A PALAVRA ESCRITA NA SUA LEI: (AP.18.10)– AI! AI! TU, GRANDE CIDADE, BABILÔNIA, TU PODEROSA CIDADE!, POIS, EM UMA HORA, CHEGOU O TEU JUIZO; (2CO.10.7) – OBSERVAI O QUE ESTÁ EVIDENTE, no âmago dessa parábola:
    (JR.50.46) – AO ESTRONDO DA TOMADA DE BABILÔNIA, ESTREMECEU A TERRA; E O GRITO SE OUVIU ENTRE AS NAÇÕES:
    (São 72 letras e 4 sinais que gritam entre os Seres que já estão despertos):
    DEUS TESTOU A GENTE NA VIDA ETERNA DE SÁBIO, E EU TESTO O CORAÇÃO SEM AMOR: ARNALDO RIBEIRO

  7. 10

    Arnaldo Ribeiro

    O SENHOR VIU A NEFASTA HOMOLOGAÇÃO DE CASAMENTOS GAYS, E, COM ELA , O RECRUDESCIMENTO DA IMORALIDADE NO MUNDO: (JB.6.65) – POR CAUSA DISTO É QUE TENHO DITO: (SL.78.1)- ESCUTAI POVO MEU, A MINHA LEI, PRESTAI OUVIDOS AS PALAVRAS DA MINHA BOCA:
    (NE.4.19) – Disse eu aos nobres, aos magistrados, e ao resto do povo: (DT.29.10) – Vós estais hoje perante o Senhor vosso Deus, os cabeças das vossas tribos, e vossos anciãos, todos os Homens de Israel: (LS.6.2/4) – Ouvi, pois, ó reis, e entendei, tomai a instrução ò Juízes de toda a terra, aplicai os ouvidos, vós, que governais os povos, e que gloriais de terdes debaixo de vós muitas nações; porque de Deus vos tem sido dado o poder, e do Altíssimo a força, o qual vos perguntará pelas vossas obras, e esquadrinhará os vossos pensamentos: (2CR.19.6) – Vede o que fazeis, porque não julgais da parte do homem, e sim, da parte do Senhor, e no julgardes Ele está convosco: (CL.3.17)– E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus; dando por ele graças a Deus: (NM.32.23) – Porém, se não fizerdes assim, eis que pecastes contra o Senhor, e sabei que o vosso pecado vos há de achar:
    (IS.1.10) – Ouvi a palavra do Senhor, vós, príncipes de Sodoma, prestai ouvidos à lei do nosso Deus, povo de Gomorra; (EC.28.7) – porque a corrupção e a morte estão a cair sobre aqueles que quebrantam os mandamentos do Senhor: (1CO.6.18) – Fugi da impureza: Aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo: (EC.10.32) – Quem justificará ao que peca contra a sua alma? (LC.9.25) – Que aproveita o Homem ganhar o mundo inteiro e vier a perder a sua alma?(TG.4.1)–De onde procedem guerras e contendas que há entre vós? De onde, senão dos prazeres que militam na vossa carne? (MT.26.41) – Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o Espírito na verdade está pronto, mas a carne é fraca: (PV.15.3) – Os olhos do Senhor estão em todo lugar contemplando os maus e os bons: (LC.6.10) – E fitando todos ao redor, disse ao homem: (LV.18.22) – Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação: (1CO.6.9/10) – Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: Nem impuros, nem idolatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas; nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus:

  8. 9

    Felipe Moura

    Olá boa noite.

    A má fé intelectual é um problema sério.
    Primeiro, regular uma relação não é fascismo, não tentem distorcer a história. Fascismo é a prática reiterada de desvalorização e discriminação de determinados grupos, a proibição legal de práticas discriminatórias não é fascismo, muito pelo contrário é democracia.
    Segundo, discriminar não é direito, é crime, a PL122 só virá para regular essa relação. Diferenciar, constranger, coibir ou violentar alguém é crime. Porque constranger um casal homossexual se beijando em praça pública não seria? A lei pune a prática discriminatória e não a consciência, ser preconceituoso em consciência é da dimensão da ética ou da falta dela. A homossexualidade é uma orientação sexual, vivida na forma de sexo e afeto por duas pessoas que decidem se relacionar por livre e espontânea vontade de acordo com sua consciência e desejo, portanto, não há uma relação de dominação entre as partes, é ainda feita por pessoas portadores de todas as obrigações legais, em que sua prática não inibe que as pessoas não gostem, tão pouco que elas pratiquem diferente, ou seja, sejam heterossexuais.
    O que a PL 122 quer, é regular que pessoas que eventualmente não gostem de homossexuais não se sintam a vontade para se consideram donos de espaços públicos e queiram com isso constranger, inibir ou violar os direitos de homossexuais. Um homossexual em seu ato não impede que outras pessoas tenham atos distintos, porque heterossexuais homofóbicos querem que outras pessoas se comportem como eles? Em uma sociedade democrática, se um ou mais indivíduos decidem fazer algo, que não inibem outros de fazerem distinto ou violem os direitos de terceiro, nem de terem opiniões distintas e cumprindo seus deveres, não há porque coibir tais práticas. E em democracia existe o direito de se ser algo, mas não existe o direito de fazer com que outros não sejam.
    A PL122 não quer nem tem o poder de fazer ninguém virar gay ou que aceite a homossexualidade, ela apenas regula o que já é da democracia, “seu direito de ser heterossexual não lhe autoriza forçar que outras pessoas sejam, tão pouco lhe autoriza destratar ou tratar com discriminação quem não é.”.
    Por fim, os homossexuais sofrem violências específicas. Para quem não entendeu, quando um homossexual sai de casa ou está dentro dela, ele pode sofrer assalto, furto, estupro, espancamento, ser assassinado e tantas outras coisas fruto da violência urbana, mas como homossexual ele tem um PLUS nessa violência, ele ainda pode ser discriminado, constrangido, violado no seu direito e mesmo morto porque alguém não gosta de homossexuais, existem pessoas dispostas a matar pro ódio. Qual é a parte de que minorias sociais sofrem violências específicas, fruto da assimetria social das relações, que algumas pessoas não entendem?
    Ou vocês acreditam que os sistemas nazistas e fascistas que tivemos até muito recentemente viram a Terra como entidades e subiram? Acreditam que ainda não existem pessoas de fazer aquelas crueldades?

  9. 8

    Leônidas Costa Andrade

    APFL

    Colar um texto inteiro de outro blog entre os comentários já, por si só é uma tremenda falta de bom senso, poderia simplesmente fazer um comentário e colar o link, quem quisesse o seguiria.
    O fato de um jornalista ter uma opinião acerca de um assunto não me força a segui-la.
    No texto diz que ninguém pode escolher a cor ao nascer (tremendo preconceito, como se a dizer que se pudesse ninguém escolheria ser negro), emenda dizendo que a orientação sexual sim (é consenso entre psiquiatras que não, que não é uma opção pessoal), portanto um artigo enorme, enfadonho e sem nenhum embasamento, apenas um grande amontoado de besteiras.

  10. 7

    Leônidas Costa Andrade

    Paulo Semblano, eu, como você (sem dupla interpretação, pelo amor de Deus) às vezes discordo de uma lei e até me revolto com esta, mas, não costumo tachar de ditatorial porque são discutidas no congresso onde tem representantes de várias tendências, não temos ainda nada que se aproxime mais de uma democracia do que um congresso que no caso do Brasil é formado por mais de 600 deputados e senadores, embora eu não concorde com todas as decisões dele, mas respeito.
    Eu acho que a nossa sociedade já tem maturidade suficiente para conviver pacificamente com as diferenças, mas, pequenos grupos resistem em aceitar estas diferenças e ai cabe ao estado dizer a eles taxativamente: NÃO, VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISTO!, É CRIME, por isso que surgem leis que, realmente, não precisariam ser feitas, não fossem esta minoria, existem várias outras, a lei que obriga o uso de cinto de segurança, você acha normal que o governo tenha que ser obrigado a mandar um idiota colocar cinto de segurança?, a “Lei Seca”, você acha normal ter que fazer uma lei pra convencer um idiota de que dirigir embriagado é perigoso pra ele e pros outros?, por mim não precisaria de nenhuma destas leis, assim como a da homofobia não vai mudar nada pra mim, mas infelizmente vai para muitos, digo infelizmente porque chegamos ao ponto de ter que fazer uma lei pra deixar claro a uma minoria preconceituosa e violenta que eles não têm direito de agredirem os homossexuais, que o medo que eles têm de ao verem dois homens ou duas mulheres namorando ter vontade de fazer o mesmo é injustificável, que o filho dele não vai virar um “viadinho” só porque viu dois gays abraçados.
    É isto.

  11. 6

    APFL - Associação Pró Ficha Limpa

    Imprensa secular finalmente começa a falar alguma verdade sobre estatísticas de gays assassinados
    Nota de Julio Severo: O Blog do Noblat, pertencente ao jornal O Globo, disse hoje o que vimos dizendo há vários anos sobre as estatístics envolvendo assassinato e crimes de homossexuais. Não está dizendo tudo o que precisa ser dito, mas contém informações importantes, apesar das limitações.
    Em torno da causa gay
    Jornalista Ruy Fabiano
    Toda a campanha em favor da causa gay, e que orienta a aprovação do projeto de lei 122, em tramitação no Senado, parte de uma mesma premissa: haveria, no Brasil, um surto de homofobia — isto é, hostilidade e ameaça física aos gays.
    A premissa não se sustenta estatisticamente. Os números, comparativamente aos casos gerais de homicídios anuais no país – cerca de 50 mil! —, são irrelevantes.
    Segundo o Grupo Gay da Bahia, de 1980 a 2009, foram documentados 3.196 homicídios de homossexuais no Brasil, média de 110 por ano.
    Mais: não se sabe se essas pessoas foram mortas por essa razão específica ou se o crime se deu entre elas próprias, por razões passionais, ou pelas razões gerais que vitimam os outros 49 mil e tantos infelizes, vítimas do surto de insegurança que abala há décadas o país.
    Se a lógica for a dos números, então o que há é o contrário: um surto de heterofobia, já que a quase totalidade dos assassinatos se dá contra pessoas de conduta hetero.
    O que se constata é que há duas coisas distintas em pauta, que se confundem propositalmente e geram toda a confusão que envolve o tema.
    Uma coisa é o movimento gay, que busca criar espaço político, com suas ONGs e verbas públicas, ocupando áreas de influência, com o objetivo de obter estatuto próprio, como se opção de conduta sexual representasse uma categoria social.
    Outra é o homossexualismo propriamente dito, que não acrescenta nem retira direitos de cidadania de ninguém.
    Se alguém é agredido ou ameaçado, já há legislação específica para tratar do assunto, independentemente dos motivos alegados pelo agressor. Não seria, pois, necessário criar legislação própria.
    Comparar essa questão com o racismo, como tem sido feito, é absolutamente impróprio. Não se escolhe a raça que se tem e ver-se privado de algum direito por essa razão, ou previamente classificado numa categoria humana inferior, é uma barbárie.
    Não é o que se dá com o homossexualismo. As condutas sexuais podem, sim, ser objeto de avaliação de ordem moral e existencial, tarefa inerente, por exemplo (mas não apenas), às religiões.
    Elas — e segue-as quem quer — avaliam, desde que existem, não apenas condutas sexuais (aí incluída inclusive a dos heterossexuais), mas diversas outras, que envolvem questões como usura, intemperança, promiscuidade, infidelidade, honestidade etc.
    E não é um direito apenas delas continuar sua pregação em torno do comportamento moral humano, mas de todos os que, mesmo agnósticos, se ocupam do tema, que é também filosófico, político e existencial.
    Assim como o indivíduo, dentro de seu livre arbítrio, tem a liberdade de opções de conduta íntima, há também o direito de que essa prática seja avaliada à luz de outros valores, sem que importe em crime ou discriminação. A filosofia faz isso há milênios.
    Crime seria incitar a violência contra aqueles que são objeto dessa crítica. E isso inexiste como fenômeno social no Brasil. Ninguém discute o direito legal de o homossexual exercer sua opção. E a lei lhe garante esse direito, que é exercido amplamente.
    O que não é possível é querer dar-lhe dimensão que não tem: de portador de direitos diferenciados, delírio que chega ao extremo de se cogitar da criação de cotas nas empresas, universidades e partidos políticos a quem fez tal opção de vida.
    Mesmo a nomenclatura que se pretende estabelecer é falsa. A união de dois homossexuais não cria uma família, entendida esta como uma unidade social estabelecida para gerar descendência e permitir a continuidade da vida humana no planeta.
    Casamento é instituição concebida para organizar socialmente, mediante estatuto próprio, com compromissos recíprocos, a geração e criação de filhos.
    Como aplicá-lo a outro tipo de união que não possibilita o que está na essência do matrimônio? Que se busque então outro nome, não apenas para evitar confusões conceituais, mas até para que se permita estabelecer uma legislação que garanta direitos e estabeleça deveres específicos às partes.
    Há dias, num artigo na Folha de S. Paulo, um líder de uma das muitas ONGs gays do país chegou a afirmar que a heterossexualidade não resultaria da natureza, mas de mero (e, pelo que entendi, nefasto) condicionamento cultural, que começaria já com a criança no ventre materno.
    Esqueceu-se de observar que, para que haja uma criança no ventre materno, foi necessária uma relação heterossexual, sem a qual nem ele mesmo, que escrevia o artigo, existiria.
    Portanto, a defesa de um direito que não está sendo contestado — a opção pelo homossexualismo — chegou ao paroxismo de questionar a normalidade (e o próprio mérito moral) da relação heterossexual, origem única e insubstituível da vida. Não há dúvida de que está em cena um capítulo psicótico da história.
    Fonte: Blog do Noblat
    Divulgação: http://www.juliosevero.com
    A foice e o martelo gay
    PLC 122: prisão para quem abrir a boca contra a sodomia
    Má conselheira: Discursar genericamente sobre o pecado, sem nada fazer contra o agente que o pratica, é transformar a moral numa questão de teoria, sem alcance prático
    Brasil sob PLC 122: uma previsão para fazer rir e chorar
    Blogagem profética, testemunho de Julio Severo na sua luta contra o PLC 122
    PLC 122: propaganda, fantasia e farsa na promoção do homossexualismo
    Homolatria: As vítimas VIP da violência no Brasil (Julio Severo desmascara estatísticas de assassinatos de gays)
    Dupla gay Devassidão e Mentira ditam as ordens na imprensa brasileira
    Dá para acreditar que existe algum genocídio contra homossexuais?
    A Sangue Frio: O que Truman Capote não queria que você soubesse
    Quem é culpado de crimes contra os homossexuais?
    Onde estão os espancadores e assassinos homossexuais?
    O dia em que o sexo entre homens e meninos não mais chocar
    “Gay” e homofobia: na República Federativa de Sodoma, o que vale é a ficção
    Luiz Mott livra Igreja Católica de sofrer mega-escândalo de pedofilia
    ESTA É A VERDADE, DONA MARTA. O que a senhora mudou no PLC 122, só uma neófita em politica como a senhora não viu que a nossa Carta Magna já prevê liberdade de culto em qualquer lugar, sem necessidade de pedir permissão. Voce pensa que os evangelicos e catolicos são tolos como a senhora? Conhecemos suas intenções há 30 anos quando voce tentou passar para a população que filho não se deve disciplinar, deve-se apenas dialogar. E aí deu certo para seu filho? Há anos teu filho se meteu em drogas e teu marido não aguentou mais tuas burrices….desculpe o desabafo. Vá fazer outra coisa que tentar ser politica. Não é sua área com certeza, pois julga os Brasileiros, e agora os evangelicos e catolicos como burros…Pare e pense bem na proposta que fizestes para passar a PLC 122? Que idiotice propor que agora será mais facil negociar com os evangelicos porque eles vão poder falar dentro dos templos, como se fosse uma vantagem. Desculpe burrice tem limite. Vem a Constituição Federal conhece, pois temos liberdade de culto total, em qualquer lugar, e sem necessidade de pedir autorização. Veja lá no artigo V da Constituição, Senadora.

  12. 5

    Flavio P. Nogueira

    Me pergunto:
    Porque não parar com essa palhaçada e começar pensar em reforma do Cód penal e CPP. Oque se requer pela PL ja existe no velho e não ouvido CP. Dão enfase; Evangelicos são contra. Grande mentira é essa, verdade é que grande maioria da sociedade é contra e não aceita o homossexualismo em forma fisica ou psicológica do ser-humano. Prebicito mostraria isso claramente e pararia com essa palhaçada com o dinheiro publico. Marta e corja quer voto dos homos e tem, defendem o que chamam de liberdade de expressão e encarceram liberdade de gestão familiar dos heteros. Sou contra, não aceito e oriento meus filhos no sentido; então sou homofóbico?. Contrário – nunca sequer participei de grupos do genero, não repudio pois, viver em sociedade é estar presente onde estão presente heteros e homos, no entanto, cada qual na sua. A Marta esqueçe o bem maior – FAMILIA. Pode os homos gerar filhos, ou sera que ja estão desenvolvendo projeto no sentido de adoção permanente do genero homo como forma de tirar crianças da rua, ou coisa similar. Violencia contra homos – dizem, gritam e retratam; Os heteros não são perseguidos?. Basta um automóvel ou facilidade para ser atacado por marginais e la se vai uma vida de um Pai ou Mãe de familia. Ora somos iguais sim, então, porque tutela diferenciada para homos?. Digo mais, se passar essa PL, não dou voto de confiança para ninguem, politico nenhum tera minha confiança.

  13. 4

    Paulo Cesar Semblano da Costa

    Concordo plenamente com você! Todo governo fascista deve ser combatido pelo povo, seja do PT ou parecido com o de FHC ou Collor. Querer amordaçar o povo através de leis como a desculpa de homofobia é digna de um estado fascista e hitlerista. Nos países ocidentais o homossexual é livre e participa da vida da nação. O que não pode é através de uma lei ditatorial querer impor um comportamento sexual sobre os outros cidadãos. Um país livre não precisa deste tipo de lei, para que possa continuar livre. Abaixo o fascismo seja de onde vier!

  14. 3

    Leônidas Costa Andrade

    Os mesmos argumentos arcaicos foram usados contra a lei “antirracismo”,depois de muitos anos em vigor não se confirmou o medo da tal “mordaça”, nós continuamos brincando com os amigos negros que nos permitem e respeitando mais os que não temos tanta intimidade, de certa forma experimentamos até algum avanço nas relações interraciais, agora são os homofóbicos que estão morrendo de medo e voltam com os mesmos argumentos (talvez até porque sejam os mesmos que tinham medo da lei antirracismo, normalmente o cara que é homofóbico, é racista, machista…) espero que os homossexuais tenham a mesma persistência que os negros, a luta é árdua.
    Ainda por cima, parece que os caras são burros, ou se fingem de, porque fingem não saber que os nazistas e os fascistas são exatamente os que pregam os preconceitos, perseguem e atacam judeus, negros, homossexuais…

  15. 2

    Paulo Cesar Semblano da Costa

    Homofobia trocada em miúdos: calar o direito dos cidadãos de opinarem livremente sobre quaisquer assuntos! É a mordaça da ditadura de um governo cujas nuvens negras e sombrias já se avistam no horizonte. E vem mais! O povo brasileiro só pode estar muito cego para não conseguir enxergar a verdadeira intenção de um governo fascista. Alguns países da Europa e do Ocidente já enxergaram o deles e estão mudando ou pedindo por mudanças. Enfim, lutando por sua liberdade.

  16. 1

    Edson Francisco de Oliveira

    Matar em nome de Deus não é pecado. Amar uma pessoa é. Amém, amém, amém …

Os comentários estão encerrados.

Copyright 2017 - Todos os direitos reservados

%d blogueiros gostam disto: