quinta-feira, 17 de agosto de 2017 • ANO XVII • N° 6.416

Balanço de Locarno: o futuro e os Leopardos

Por Rui Martins - Será que os jovens, que já não veem televisão, irão aos festivais de cinema, quando a maioria do público já é de meia-idade para cima? O Festival de Locarno quer se preparar para o futuro. Os Leopardos deste ano foram lobisomens.

Locarno: mulher saudita com niqab conquista Festival

Por Rui Martins - Uma mulher saudita, Hissa Hilal, veio aqui a Locarno, convidada para o lançamento do filme A Poetisa (The Poetess), no qual defende maior liberdade e direitos para as mulheres na Arábia Saudita.

Locarno: a misteriosa ladra de livros

Por Rui Martins - É verdade que histórias de livros costumam dar bons filmes, porém, é raro um filme ter livros como seus principais figurantes.

Locarno: o cotidiano e o desejo de liberdade

Por Rui Martins - Um dos favoritos ao Leopardo de melhor filme e filme alemão Liberdade (Freiheit), a história de uma mulher, Nora, casada e com filhos que, de repente, faz aquilo com que muitas pessoas, mesmo com família, sonham mas sem coragem de realizar - sai de casa, desaparece e até muda de identidade.

Copyright 2017 - Todos os direitos reservados