Defesa Civil realiza simulados de desocupação em comunidades da Zona Norte

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 14 de outubro de 2020 as 14:43, por: CdB

A prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realiza nesta quinta-feira, a partir das 10h, simulados de desocupação em quatro comunidades da Zona Norte com áreas de alto risco de deslizamento de encostas. 

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realiza nesta quinta-feira, a partir das 10h, simulados de desocupação em quatro comunidades da Zona Norte com áreas de alto risco de deslizamento de encostas: Parque Proletário do Grotão, Caixa D’água, Caracol e Laudelino Freire (Vila Vivaldina do Grotão).

Defesa Civil do Rio realiza simulados de desocupação em quatro comunidades da Zona Norte
Defesa Civil do Rio realiza simulados de desocupação em quatro comunidades da Zona Norte

Na terça-feira, por volta das 17h45, avisos sobre o exercício simulado foram veiculados pelas sirenes em três dessas comunidades. Os áudios serão acionados novamente hoje, desta vez em todas, convocando os moradores.

Com testes de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme Comunitário para Chuvas Fortes, o evento faz parte do conjunto de ações preventivas da defesa Civil municipal com foco no período de fortes chuvas. Na ocasião, moradores receberão orientações a respeito do Sistema, sobre a localização dos Pontos de Apoio, informações a respeito de vistorias da Defesa Civil, e poderão contribuir com sugestões para a evolução da estratégia.

Pandemia 

O exercício que antecede o período de temporais também leva em conta o estado de pandemia de covid-19, com orientações sobre as medidas preventivas necessárias, como o uso de máscara, tanto durante o simulado quanto no evento real, caso se mantenham os protocolos de distanciamento social em meio à época de chuvas fortes. Para evitar aglomerações, a Defesa Civil convoca apenas um representante de cada família a participar da atividade.

Durante a pandemia, o simulado já foi realizado na comunidade do Vidigal, na Zona Sul, e em áreas dos complexos do Lins e do Turano, na Zona Norte. A cidade possui, ao todo, 103 comunidades monitoradas pelo Sistema de Alerta e Alarme, com pluviômetros, sirenes e pontos de apoio.

– Os simulados são apenas uma das frentes de orientação da Defesa Civil, que ao longo de todo ano, realiza ações de capacitação em escolas, associações de moradores e eventos em áreas públicas dos pontos mais sensíveis da cidade. Nelas, orientamos o morador quanto ao que deve ser feito durante uma chuva forte. São ações como desligar a energia e o gás de casa e pegar documentos e remédios antes de se deslocar até um local seguro com seus familiares. Outro apelo que fazemos é que a população utilize o canal 199 para emergências nas chuvas – observa Djalma de Souza Filho, subsecretário de Proteção e Defesa Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *