Deputados respondem com duras críticas ofensas de 03 ao PCdoB

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 2 de outubro de 2019 as 14:10, por: CdB

A deputada Jandira Feghali também questionou a capacidade de Eduardo Bolsonaro para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Por Redação, com Agências de Notícias – de Brasília

Parlamentares responderam aos ataques do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) contra o PCdoB, a ex-deputada do partido, Manuela d’Ávila, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Bastante irritado, o deputado usou reportagem publicada no diário paulista O Estado de São Paulo e citou o “caráter do partido” dizendo que seus parlamentares são “comparsas que tentam a todo custo demolir o governo Bolsonaro”.

O deputado Eduardo Bolsonaro, em seu discurso na Câmara, críticas ao PCdoB e chamou políticos do partido de comparsas
O deputado Eduardo Bolsonaro, em seu discurso na Câmara, críticas ao PCdoB e chamou políticos do partido de comparsas

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), na noite dessa terça-feira criticou o parlamentar, também conhecido como 03, e disse: “Suba a tribuna para falar onde está o Queiróz, os cheques dele para sua família”.

Jandira também questionou a capacidade de Eduardo Bolsonaro para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos. De acordo com ela, o filho de Jair Bolsoanro “não tem capacidade para representa o Brasil, usa palavras de baixo calão e um português ruim”.

– Explique o que foram as ‘fake news’ nas eleições, articulada com o (Steve) Bannon e a Cambridge Analytica. Explique como é que o seu papaizinho quer lhe colocar como embaixador nos Estados Unidos com essa desqualificação, com essa linguagem chula e vergonhosa no parlamento brasileiro – criticou a parlamentar.

O deputado Daniel Almeida (BA) disse, na terça-feira, que as publicações da Agência norte-americana de notícias The Intercept Brasil trouxeram à tona o que estava nos bastidores.

– O conluio que se formou para fraudar o resultado eleitoral, a participação do Bolsonaro nesse processo – disse.

– A Manuela é uma líder política que passou por esse parlamento, que se apresenta de cabeça erguida para o Brasil e para o mundo, que teve a coragem de, tendo conhecimento de um fato de grande relevância, um fato jornalístico, indicar a investigação e a divulgação desse fato. É daí que decorre o desespero da família Bolsonaro, que foi a partir disso que este governo está sendo desmascarado – assinalou.

Jandira Feghali fala sobre Eduardo Bolsonaro em sua conta no Twitter
Jandira Feghali fala sobre Eduardo Bolsonaro em sua conta no Twitter

Comissão da Câmara pode ouvir sargento que processa Eduardo Bolsonaro

O deputado Alexandre Padilha (PT-SP) protocolou na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional que seja realizada audiência pública para que Manoel Silva Rodrigues, sargento da Força Aérea Brasileira, preste via teleconferência ou por meio de representante legal, informações sobre a apreensão de substância entorpecente em 25 de junho de 2019 durante escala da missão presidencial ao Japão em Sevilha, na Espanha.

O presidente da Comissão é o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) que, de acordo com o sargento, está ignorando o seu pedido, já que o parlamentar não responde nenhum e-mail. O voo fazia parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro que ia para a reunião do G20 no Japão. Em processo movido pelo sargento contra Eduardo Bolsonaro, Manoel diz que tem direito de manifestação perante à referida Comissão (por meio de seus advogados, pois se encontra preso na Espanha), em razão do direito de resposta que lhe é assegurado por lei.

O sargento trabalha há 19 anos da Força Aérea Brasileira (FAB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *