Detento que tentou fugir vestido de mulher morre enforcado em presídio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 6 de agosto de 2019 as 11:12, por: CdB

Segundo a Seap, o preso foi encontrado morto dentro de sua cela, enforcado com um lençol.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

O preso Clauvino da Silva, de 42 anos, que ganhou destaque no noticiário do Brasil e do mundo ao tentar escapar do complexo penitenciário de Gericinó (Bangu) vestido de mulher, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira, dentro do presídio.

Clauvino tentou fugir do presídio no último sábado com uma máscara, uma peruca e as roupas de sua filha

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), a morte foi provocada por enforcamento.

Clauvino tentou fugir do presídio no último sábado com uma máscara, uma peruca e as roupas de sua filha adolescente, mas o plano foi frustrado por agentes penitenciários.

Segundo a Seap, o preso foi encontrado morto dentro de sua cela, enforcado com um lençol. Os bombeiros foram acionados e a Polícia Civil investigará o caso. A secretaria instaurou uma sindicância para apurar os fatos.

Operação

A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), realiza na manhã desta terça-feira, uma operação na Vila Kennedy para cumprir 80 mandados de prisão e 40 de busca e apreensão.

A ação visa desarticular uma organização criminosa que rouba veículos e desmonta peças para montar veículos comprados em leilão.

Roubo de carga de cigarros

Policiais da 59ª DP (Duque de Caxias), a partir de informações do Setor de Inteligência, localizaram e prenderam Rodrigo Soares, conhecido como Tigrão, em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de roubo majorado, decorrente de investigação própria delegacia. Ele foi capturado na comunidade Parque Suécia, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense

Citado em vários de roubos de cargas ocorridos no primeiro trimestre desse ano na capital, principalmente na Zona Norte, e na Baixada Fluminense, Tigrão foi indiciado em inquéritos policiais e preso pela primeira vez – pela 59ª DP – no dia 11 de abril.

Tráfico de drogas

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), capturou na tarde de segunda-feira, Thiago Baltar Pereira, conhecido como Furicão ou Papito, chefe do tráfico de drogas do complexo de favelas de Manguinhos que estava foragido. A ação deflagrada teve como objetivo o patrulhamento aos acessos da comunidade e a verificação de informações de inteligência no entorno da Cidade da Polícia.

Durante a diligência, os policiais foram atacados a tiros pelos criminosos e houve confronto. Os agentes reagiram e o criminoso foi baleado, sendo socorrido ao hospital, mas não resistiu. A Delegacia de Homicídios (DH / Capital) foi acionada para a perícia no local.

Thiago é apontado como um dos responsáveis pelo ataque a UPP Manguinhos, no ano de 2014, que deixou três policiais feridos, incluindo o comandante da UPP à época. O criminoso respondia pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, dano ao patrimônio público, explosão, disparo ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha, roubos qualificados, e contra ele constava um mandado de prisão pendente.

A ação de hoje faz parte de um plano operacional integrado que tem por finalidade coibir e reprimir atividades criminosas em toda região, subsidiando ainda ações de inteligência policial que visam a identificação e a responsabilização dos integrantes de facção criminosa que atua nas comunidades dos Complexos do Jacarezinho e Manguinhos.

De acordo com o planejamento realizado, ações policiais sistemáticas, inicialmente, terão por finalidade a desobstrução de vias nessas comunidades e o mapeamento de pontos de contenção do tráfico local. Vias estratégicas, como as Ruas Leopoldo Bulhões e Viúva Cláudio, que ligam importantes bairros da cidade, receberão um reforço do patrulhamento com a utilização de Recursos Especiais em diferentes dias e horários.

Cumpre ressaltar que na manhã de segunda-feira, com apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Ordem Pública, foi realizada também uma operação tendo por finalidade garantir o ordenamento urbano da área e garantir ações fiscalizatórias dos demais seguimentos do poder público na região. Durante a ação foram multados dezenas de veículos e rebocados outros cinco que estavam estacionados irregularmente nas calçadas que cercam a Cidade da Polícia, nas Avenidas Dom Hélder Câmara e dos Democráticos.

Eventuais operações nas comunidades locais são devidamente comunicadas ao CECOPOL e seguirão diretrizes com vistas a minimizar os impactos sociais, buscando-se evitar transtornos para o regular funcionamento das redes de ensino e meios de transporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *