Equipes do Parque da Serra da Concórdia resgatam animais debilitados após incêndio

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de setembro de 2020 as 14:40, por: CdB

Após incêndio de grandes proporções, a equipe de guarda-parques do Parque Estadual da Serra da Concórdia, localizado na região do Médio Paraíba Fluminense e administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), realizou varredura para encontrar e resgatar animais vítimas do fogo. 

Por Redação, com ACS  – do Rio de Janeiro

Após incêndio de grandes proporções, a equipe de guarda-parques do Parque Estadual da Serra da Concórdia, localizado na região do Médio Paraíba Fluminense e administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), realizou varredura para encontrar e resgatar animais vítimas do fogo. Até a quarta-feira, três vidas haviam sido salvas: uma paca, um filhote de urubu e um coelho tapiti.

Os incêndios florestais provocam graves danos ambientais
Os incêndios florestais provocam graves danos ambientais

As chamas consumiram 70 hectares de área do parque e provocou a morte de várias espécies da fauna local.

– Encontrar animais vivos é uma tarefa difícil, mas nos enche de esperança de superar esta tragédia – afirma o gestor da unidade, Maurício Macedo. Para ele, o momento também exige a intensificação dos trabalhos no viveiro de mudas e no reflorestamento da unidade.

Os incêndios florestais

Os incêndios florestais provocam graves danos ambientais, como a destruição da vegetação, a morte de animais silvestres, a degradação do solo e a poluição atmosférica, além de ser responsável por danos à saúde, pois causam doenças respiratórias.

Em caso de incêndio florestal, a população deve entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Denúncias de crimes ambientais no estado do Rio de Janeiro podem ser feitas no site do Inea: www.inea.rj.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *