Evo Morales deixa Cidade do México vai a Cuba para cuidar da saúde

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 7 de dezembro de 2019 as 14:29, por: CdB

De acordo com a ex-ministra da Saúde da Bolívia Gabriela Montaño, Morales foi a Cuba para passar em consulta médica. A imprensa cubana revelou que, há dois anos, o ex-líder boliviano foi tratado em Havana após ser diagnosticado com um nódulo na garganta.

Por Redação, com Ansa – de Cidade do México e Havana

Ex-presidente da Bolívia, o líder indígena Evo Morales, que está asilado no México desde novembro, compareceu em Cuba neste sábado para uma consulta médica, informou o diretor de comunicação do Ministério das Relações Exteriores do México, Roberto Velasco.

Evo Morales foi levado a renunciar, após um motim das forças de segurança da Bolívia, na noite passada
Evo Morales foi levado a renunciar, após um motim das forças de segurança da Bolívia, na noite passada

“Precisamos que o senhor Morales viajou para Cuba. Ele nos informou que é uma viagem temporária. No momento, essa é a informação disponível”, escreveu em sua conta no Twitter.

Rotina

De acordo com a ex-ministra da Saúde da Bolívia Gabriela Montaño, Morales foi a Cuba para passar em consulta médica. A imprensa cubana revelou que, há dois anos, o ex-líder boliviano foi tratado em Havana após ser diagnosticado com um nódulo na garganta. Até o momento, no entanto, não há detalhes se a consulta é de rotina e sobre a data de retorno do ex-mandatário boliviano ao território mexicano. Segundo o jornal cubano Granma, Morales está acompanhado de Montaño e do ex-vice-presidente Álvaro García Linera.

Evo está no México desde o dia 12 de novembro, após ter anunciado sua renúncia ao cargo em meio a forte pressão das Forças Armadas depois de uma série de protestos por sua reeleição, que foi duramente questionada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *