Explosão deixa vários feridos na Alemanha

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 13 de dezembro de 2019 as 10:00, por: CdB

Polícia diz que número de vítimas pode ser ainda maior. Não há pistas sobre o que teria causado a explosão, que atingiu um prédio residencial na cidade de Blankenburg. Edifício, escola e creche próximas são evacuados.

Por Redação, com DW – de Berlim

Pelo menos uma pessoa morreu e 15 ficaram feridas após uma explosão em um prédio residencial na cidade de Blankenburg, no estado da Saxônia-Anhalt, no leste da Alemanha. O episódio ocorreu pouco antes das 9h (horário local, 5h no horário de Brasília) desta sexta-feira.

Destroços teriam sido arremessados a até 60 metros de distância
Destroços teriam sido arremessados a até 60 metros de distância

No apartamento onde aconteceu a explosão, a polícia encontrou várias garrafas com gás líquido e dispositivos de aquecimento que necessitam de gás. Além disso, também foram localizadas munições da Segunda Guerra Mundial.

O chefe da polícia criminal da região, Frank Götze, disse em entrevista coletiva que a identidade da pessoa que morreu ainda precisa ser esclarecida. Mas acredita-se que seja um homem de 78 anos que morava no apartamento onde ocorreu o incidente. A mulher dele estava entre os feridos.

A explosão pode ter sido causada por uma das garrafas que continham gás, já que o prédio, segundo o prefeito de Blankenburg, Heiko Breithaupt, não dispunha de aquecimento por meio do gás oriundo de encanamento externo. De acordo com a polícia, não havia qualquer indicação de que explosivos eram estocados no apartamento do idoso.

Inicialmente, as autoridades informaram que ao menos 25 pessoas haviam ficado feridas, mas o número foi revisto para menos. Agências de notícias falam agora em 11 ou 15 feridos. Uma delas feriu-se gravemente com queimaduras, e três paramédicos sofreram inalação de fumaça.

Após a explosão, serviços de resgate foram ao local socorrer os feridos, enquanto os bombeiros evacuavam o prédio em busca de mais vítimas. Destroços teriam sido arremessados a até 60 metros de distância.

As condições do prédio

No Twitter, uma fotografia compartilhada pela polícia local mostra as marcas de fuligem nas paredes do edifício e também a fumaça que saía das janelas dos apartamentos. Do outro lado da rua, uma casa teve as janelas rachadas, e os carros estacionados na rua também ficaram danificados.

Peritos trabalham agora para avaliar as condições do prédio. O chefe dos bombeiros, Kai-Uwe Lohse, disse que algumas lajes acabaram se deslocando.

O incidente ocorreu em um edifício de cinco andares e 60 apartamentos na rua Bertolt-Brecht, próximo a uma escola primária e a uma creche, que também foram evacuados. A polícia disse que as crianças não ficaram feridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *