Facebook, Whatsapp e Instagram enfrentam instabilidade

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 3 de julho de 2019 as 13:08, por: CdB

As redes sociais Facebook e Instagram vêm enfrentando instabilidade e problemas para carregar e postar imagens nesta quarta-feira, segundo relatos de usuários.

Por Redação, com Sputnik e Reuters – de São Francisco

As redes sociais Facebook, Whatsapp e Instagram vêm enfrentando instabilidade e problemas para carregar e postar imagens nesta quarta-feira, segundo relatos de usuários. O Brasil e alguns países europeus seriam os mais afetados.

As redes sociais Facebook, Whatsapp e Instagram vêm enfrentando instabilidade

De acordo com os mesmos relatos divulgados na internet, os usuários das três redes sociais reclamam que enfrentam problemas para enviar e receber diversas mídias, como fotos, vídeos e áudios. Até mesmo figurinhas não estavam sendo compartilhadas por conta do problema.

De acordo com o site Down Detector, que reúne reclamações de usuários acerca de serviços online, as reclamações desta quarta-feira estavam em sua maioria direcionadas contra as redes sociais – todas sob o domínio do Facebook.

Os maiores problemas envolvendo o Whatsapp foram registrados no Brasil, Argentina, Peru, Colômbia e alguns países da Europa. Já Estados Unidos e Europa apresentam mais reclamações contra as falhas no Facebook e no Instagram.

Até o momento, o Facebook ainda não se pronunciou sobre o que causou os problemas e quando eles estarão solucionados.

Criptomoeda do Facebook

A criptomoeda do Facebook vai levantar questões, tanto para a sociedade quanto para o governo, que precisam ser examinadas de perto, disse um representantes do órgão regulador britânico nesta terça-feira, em outro sinal de que o projeto deve sofrer uma profunda análise de autoridades.

O Facebook anunciou projeto de criação da moeda digital libra no mês passado, levantando preocupações imediatas de legisladores e reguladores em todo o mundo sobre seu impacto potencial na privacidade.

O “tamanho e escala da libra levantam questões para a sociedade e para o governo em geral, sobre o que é aceitável e desejável neste espaço”, disse Christopher Woolard, diretor executivo de estratégia e concorrência da Financial Conduct Authority (FCA).

A moeda

O Facebook provavelmente enfrentará uma observação regulatória sem precedentes com a libra, que tem lançamento planejado para até o final de junho de 2020. A moeda marcaria a entrada do gigante da mídia social em uma das áreas menos regulamentadas das finanças.

A resposta dos reguladores financeiros nacionais e internacionais, e das autoridades monetárias ao projeto terá um impacto crucial nas perspectivas da empresa.

Embora alguns, incluindo a FCA, tenham dito que se encontraram com o Facebook para discutir o projeto, ainda há muitas perguntas sobre exatamente como ele vai funcionar.

Decisões cruciais sobre tais projetos recaem sobre os legisladores, alertou o Banco de Compensações Internacionais (BIS). Os políticos precisam coordenar rapidamente as respostas regulatórias aos novos riscos, à medida que o Facebook e outras empresas de tecnologia avançam para o setor de finanças, disse o BIS no mês passado.

Em geral, a FCA analisa os chamados criptoativos caso a caso, disse Woolard. Ela faz perguntas sobre se isso beneficiaria os mercados competitivos e consumidores, ou causaria danos aumentando a complexidade e outros riscos, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *