Frio intenso deixa mortos na Polônia

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 as 14:07, por: CdB

Já são 58 os mortos por frio desde novembro do ano passado, na sua maioria pessoas alcoolizadas e mendigos surpreendidos pelas nevascas em refúgios improvisados

Por Redação, com EFE – de Varsóvia:

Cinco pessoas morreram durante a madrugada desta quarta-feira na Polônia em decorrência do frio, com temperaturas inferiores a 20 graus abaixo de zero em algumas regiões do país, segundo informaram fontes da polícia.

Cinco pessoas morreram durante a madrugada desta quarta-feira na Polônia

Já são 58 os mortos por frio desde novembro do ano passado; na sua maioria pessoas alcoolizadas e mendigos surpreendidos pelas nevascas em refúgios improvisados.

Desde sexta-feira passada, a Polônia sofre uma onda de frio glacial que se espera que continue durante os próximos dias.

A polícia pediu à população que preste socorro às pessoas desabrigadas para evitar mais mortos; e avise imediatamente as autoridades para que sejam transferidas para refúgios. As informações são da agência de notícias EFE.

As baixas temperaturas obrigaram a um reforço da operação policial de controle de casas desabitadas e parques para localizar indigentes.

Fortes nevascas no Reino Unido

As fortes nevascas que caíram no Reino Unido durante a madrugada de terça-feira causaram alterações nas estradas; voos e serviços ferroviários em vários pontos do país; na semana mais fria do inverno, informam os serviços de emergência do país. A informação é da Agência EFE.

Os condados de Kent, Surrey, Suffolk e Sussex (no sul e sudeste da Inglaterra) estão entre os mais afetados pelo gelo; com nevascas de até 10 centímetros, enquanto foram registradas outras de cerca de 8 centímetros no nordeste inglês.

A Polícia britânica alertou que as condições nas estradas são agora “traiçoeiras” e informou sobre o cancelamento de centenas de serviços de trem e do fechamento de muitas escolas nacionais.

Além disso, nas citadas áreas da Inglaterra, foram emitidos alertas “âmbar”; que advertem sobre o “possível risco para a vida e a propriedade”.

A Polícia também estabeleceu as chamadas advertências “amarelas”; menos severas que as anteriores – para outras regiões da Escócia, Inglaterra e País de Gales.

A companhia aérea britânica British Airways (BA) cancelou dúzias de voos no Aeroporto de Heathrow (a sudoeste de Londres); ao mesmo tempo que outra companhia, a easyJet, também antecipou “alterações” em alguns dos seus serviços e recomendou aos seus passageiros consultar seu site.

O Reino Unido está experimentando a que já se considera como a semana mais fria do inverno, segundo os serviços de meteorologia britânicos, e se espera que a neve se mova para o oeste do país durante este dia, para se propagar pela tarde para Escócia e a região das Midlands.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *