Garis usam técnica de rapel para limpar encosta no Morro da Providência

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 31 de outubro de 2019 as 13:41, por: CdB

Os garis alpinistas fazem parte de um seleto grupo que tem a responsabilidade de limpar, usando técnica de rapel, as encostas dos morros da cidade.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Uma equipe de oito garis alpinistas da Comlurb foi destacada na quarta-feira, para fazer a limpeza de encosta no Morro da Providência, no Centro, utilizando a técnica de rapel. A operação é uma ação preventiva em relação às chuvas do verão. Uma outra equipe com 17 garis está atuando na limpeza de canaletas no Morro dos Macacos.

Garis alpinistas no Morro da Providência
Garis alpinistas no Morro da Providência

Os garis alpinistas fazem parte de um seleto grupo que tem a responsabilidade de limpar, usando técnica de rapel, as encostas dos morros da cidade.

A Comlurb começou na Floresta da Tijuca a atividade de limpeza e remoção de resíduos nesse tipo de área, com trabalhadores treinados e munidos de equipamentos apropriados. O resultado foi eficiente  a Companhia adotou essa atividade operacional na limpeza de comunidades.

Os garis alpinistas recebem treinamento teórico e prático durante uma semana, ministrado por técnicos de Segurança do Trabalho e da Defesa Civil, para aprender as técnicas de manejo dos equipamentos de segurança e produção.

Porém, o tempo de capacitação varia de acordo com a complexidade da encosta e eles estão em permanente atualização. Os alpinistas também aprendem a lidar com possíveis falhas e como atuar de forma ágil e segura para evitar acidentes.

A limpeza é difícil pela própria situação geográfica e pela falta de consciência de quem descarta nas encostas as peças mais variadas, como sofás, fogão, geladeiras, colchões. A equipe tem o apoio de ceifadeiras, foices e enxadas para o trabalho.

Novos refletores no Sambódromo

O presidente da Riotur, Marcelo Alves, o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba, Jorge Castanheira, e carnavalescos das escolas do Grupo Especial se reúnem na noite de quarta-feira, na sede da Liesa, em plenária para debater sobre a nova iluminação do Sambódromo. A iniciativa da Riotur é a substituição das luzes por refletores de LED com luz especial de espetáculo, visando a melhorar a visibilidade e transformar a experiência na Sapucaí.

A concessionária de energia Light se interessou em investir no projeto, que, agora, espera apenas a posição do Governo do Estado para seguir seu curso.

– Esperamos a resposta positiva do Governo para garantirmos o recurso oferecido pela Light por meio da Lei de Incentivo e proporcionarmos um espetáculo ainda maior e melhor na Marquês de Sapucaí – declarou o presidente da Riotur, Marcelo Alves.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *