Governo norte-americano não cumpre prazo e devolve 34 crianças separadas a seus pais

América do Norte Mundo Últimas Notícias

 

Cerca de 3 mil menores foram separados dos seus pais desde abril, quando a Casa Branca decidiu adotar uma política de “tolerância zero”

Por Redação, com EFE – de Washington:

Os Estados Unidos entregaram até a meia-noite desta quarta-feira 34 crianças de até cinco anos aos seus pais, por isso não cumpriu o prazo dado pela Justiça para devolver 102 menores que foram separados das suas famílias na fronteira com o México pelo governo do presidente Donald Trump.

Governo dos EUA não cumpre prazo e devolve 34 crianças separadas a seus pais

As 34 crianças que foram entregues aos seus pais dentro do prazo estipulado por um tribunal da Califórnia, que terminava a 0h01 desta quarta, se unem às quatro que já tinham sido devolvidas antes da hora limite, informou hoje o canal “CNN”.

De acordo com a emissora, que cita fontes do Departamento de Saúde e Serviços Sociais (HHS), responsável pela tutela dos menores que atualmente se encontram em centros de amparo, as autoridades não entregaram as 64 restantes devido à impossibilidade de comprovar a relação de parentesco a tempo.

Menores

Cerca de 3 mil menores foram separados dos seus pais desde abril, quando a Casa Branca decidiu adotar uma política de “tolerância zero” contra os imigrantes que entravam no país irregularmente pela fronteira com o México, medida que acabou sendo suspensa em meados de junho pelas enormes críticas recebidas.

No entanto, o juiz federal Dana Sabraw determinou no final do mês passado que o governo deveria reunir estas famílias e deu 14 dias de prazo no caso dos menores de cinco anos e de 30 dias para crianças acima dessa idade.

Por este motivo, nas últimas semanas as autoridades correram contra o tempo para poder certificar a relação familiar dos menores e seus pais, o que levou o governo a designar uma equipe de 230 pessoas para que realizasse testes de DNA que permitissem comprovar o parentesco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *