Grandes contratações amargam banco de reservas

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 4 de janeiro de 2021 as 13:18, por: CdB

Eden Hazard, João Félix e Antoine Griezmann custaram juntos 346 milhões de euros, mas tiveram que se contentar com uma vaga no banco, após os treinadores de Real Madrid, Atlético de Madri e Barcelona colocarem a estratégia de jogo à frente dos valores individuais no fim de semana.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona

Eden Hazard, João Félix e Antoine Griezmann custaram juntos 346 milhões de euros, mas tiveram que se contentar com uma vaga no banco, após os treinadores de Real Madrid, Atlético de Madri e Barcelona colocarem a estratégia de jogo à frente dos valores individuais no fim de semana.

Eden Hazard durante aquecimento antes de partida do Real Madrid contra o Celta de Vigo pelo Campeonato Espanhol
Eden Hazard durante aquecimento antes de partida do Real Madrid contra o Celta de Vigo pelo Campeonato Espanhol

Hazard, contratação recorde do Real Madrid por 100 milhões de euros, se recuperou recentemente da última de uma longa série de lesões, mas foi deixado de fora dos 11 titulares pelo terceiro jogo consecutivo na vitória em casa por 2 a 0 sobre o Celta de Vigo no sábado.

Marco Asensio, que custou ao Real Madrid apenas 4 milhões de euros em 2014, começou a partida e mais do que justificou a decisão de Zinedine Zidane ao marcar um gol e participar do outro.

Atlético

No dia seguinte, todos foram surpreendidos quando um João Félix em perfeita condição física foi deixado de fora do time do Atlético para enfrentar o Alavés, com Angel Correa recebendo uma chance no time titular.

O atacante de 20 anos, que custou 126 milhões de euros após uma temporada no Benfica, entrou no jogo no segundo tempo e provou seu valor ao passar para Luis Suárez marcar.

– Foi minha escolha. Acredito que o trabalho duro que Correa coloca no lado direito nos serviria bem – explicou o técnico do Atlético, Diego Simeone.

Félix chegou ao Atlético logo após Antoine Griezmann se mudar para o Barcelona por 120 milhões de euros, e a difícil passagem do atacante francês na Catalunha teve mais um capítulo quando ele foi preterido na vitória por 1 a 0 sobre o último colocado, o Huesca. O técnico Ronald Koeman optou por escalar o dinamarquês Martin Braithwaite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *