Grupo teatral do Ministério da Saúde ajuda a evitar doenças

Arquivado em: Saúde, Últimas Notícias, Vida & Estilo
Publicado terça-feira, 27 de março de 2018 as 12:06, por: CdB

Com a autorização para os novos recursos terapêuticos, espera-se que as práticas ajudem a reduzir, principalmente, casos de depressão e hipertensão

Por Redação, com ACS – de Brasília:

– É prioridade não deixar que o país adoeça – afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante o anúncio da inclusão de dez novas terapias complementares no Sistema Único de Saúde (SUS), no último dia 12, no Rio de Janeiro.

Grupo teatral do Ministério da Saúde ajuda a evitar doenças como depressão e hipertensão

Com a autorização para os novos recursos terapêuticos, espera-se que as práticas ajudem a reduzir, principalmente, casos de depressão e hipertensão; o que diminuirá os atendimentos na atenção básica. “Focar na prevenção é mais eficaz, além de ter um custo menor”; afirmou o coordenador do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro (NEMS/RJ), João Pedro Busch.

Neste sentido, o grupo teatral Fazendo Arte promove, há 11 anos; ensaios e apresentações com os colaboradores do NEMS/RJ. É um momento de relaxamento para aliviar as tensões provocadas pela rotina de trabalho. “Certa vez, uma funcionária chegou aqui com muitas dores nas costas e aparência tensa. Após o ensaio, ela revelou que a dor havia passado. Provavelmente, era algum sintoma relacionado ao estresse”, contou Maria Luisa Fernandes, chefe do Programa de Melhoria e Qualidade de Vida (PMQV) do NEMS/RJ.

Confiança e trabalho em equipe

Além de reduzir a perda de pessoal, por ausências relacionadas à depressão e à hipertensão, o Fazendo Arte ainda contribui para aumentar a produtividade do Núcleo: “Ao vencer a timidez, para fazer uma apresentação teatral, as pessoas ganham confiança nelas mesmas.

Grupo

– Isto é fundamental para tomar decisões importantes. Além disso, desenvolve um sentido de grupo no ambiente de trabalho – explicou Marcio Nolasco, o coordenador de criação.

Os atores são todos voluntários, que ensaiam sempre após às 17h. O roteiro das peças são temas relacionados à saúde. O grupo Fazendo Arte se apresenta em eventos internos do NEMS/RJ, nos hospitais federais no Rio de Janeiro e em outras instituições que procuram o grupo com frequência. “Todos que querem participar são acolhidos, inclusive os aposentados. Não é necessário ter experiência prévia. Cada um vai fazer aquilo que se adapta, respeitando suas características”, concluiu Nolasco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *