Hamilton ‘passeia’ por Hungaroring e chega à oitava vitória no circuito

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado domingo, 19 de julho de 2020 as 13:18, por: CdB

Volta perfeita sobre volta mais que perfeita, Hamilton dominou a situação desde a largada, com pista úmida, e, após a troca para pneus slicks ainda no começo, abriu vantagem sobre os rivais.

Por Redação, com agências internacionais – de Mogyorod, Hungria

O piloto inglês Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou a segunda vitória da temporada, 86ª na carreira que se aproxima do recorde de Michael Schumacher, e assume a liderança do Mundial de Fórmula 1. Com 63 pontos até agora, cinco a mais do que Valtteri Bottas, Hamilton ‘passeou’ pela pista, sem qualquer ameaça ao longo de toda a corrida, e comemorou no lugar mais alto do pódio pela oitava no Grande Prêmio da Hungria.

Hamilton conta, nos dedos, as oito vitórias conquistadas em Hungaroring ao longo de sua carreira
Hamilton conta, nos dedos, as oito vitórias conquistadas em Hungaroring ao longo de sua carreira

Volta perfeita sobre volta mais que perfeita, Hamilton dominou a situação desde a largada, com pista úmida, e, após a troca para pneus slicks ainda no começo, abriu vantagem sobre os rivais.

Dianteira

O holandês Max Verstappen chegou em segundo lugar, ao completar uma corrida de recuperação depois de bater na volta de alinhamento ao grid e quase ficar fora da prova. A equipe da RBR fez um trabalho irretocável no grid, nos minutos que antecederam a largada. Verstappen resistiu à chegada de Valtteri Bottas, na última volta, e se manteve firme na dianteira, deixando o terceiro lugar para o segundo piloto da Mercedes.

O canadense Lance Stroll, que terminou na quarta colocação, conseguiu seu melhor resultado na temporada. Marcaram pontos, da quinta à décima colocações, Alexander Albon (RBR), Sebastian Vettel (Ferrari), Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Kevin Magnussen (Haas) e Carlos Sainz Jr. (McLaren).

A melhor

Em duas semanas, a temporada 2020 chegará ao GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone. Trata-se da mais estranha rodada de competições na F1, desde o início da prática esportiva na primeira etapa do século passado.

Pouco depois de erguer a taça, sem o público para aplaudir, Hamilton escreveu, em uma rede social, que esta “foi uma das minhas melhores corridas”.

“Eu estava sozinho, mas tínhamos ótimo ritmo e perfeita estratégia. As duas últimas corridas foram incríveis para mim e precisamos manter a pegada”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *