Incerteza com o Brexit afeta desempenho do setor de serviços no Reino Unido

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 as 13:46, por: CdB

Referência para o mercado, o PMI para o setor de serviços no Reino Unido fechou janeiro com 50,1 pontos, apenas 0,1 acima do valor que indica a estagnação e abaixo dos 51,2 pontos de dezembro.

Por Redação, com EFE – de Londres

A incerteza que cerca a saída do Reino Unido da União Europeia afetou o setor de serviços britânico em janeiro, derrubando o Índice Gerente de Compras (PMI) em janeiro.

A incerteza que cerca a saída do Reino Unido da União Europeia afetou o setor de serviços britânico

Referência para o mercado, o PMI para o setor de serviços no Reino Unido fechou janeiro com 50,1 pontos, apenas 0,1 acima do valor que indica a estagnação e abaixo dos 51,2 pontos de dezembro.

Os serviços são o principal motor da economia britânica, representando cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB).

O PMI também caiu na indústria e na construção. Segundo a consultoria IHS Markit, o índice que agrupa os três setores caiu de 51,3 pontos em dezembro para 50,3 em janeiro.

O economista-chefe da IHS Markit, Chris Williamson, disse em comunicado que os dados sugerem que a economia do Reino Unido está em “risco de estagnação” ou algo até pior. Segundo ele, a crescente incerteza em relação ao “Brexit” é agravada pela desaceleração do crescimento global.

– Provavelmente o PIB britânico se estagnou neste início de 2019 após ter observado um modesto crescimento de 0,1% no quarto trimestre de 2018 – explicou o economista.

– Com a exceção de julho de 2016, quando a demanda caiu brevemente após a surpresa com o voto favorável ao Brexit o setor de serviços sofreu em janeiro a pior queda desde abril de 2009, já que os consumidores resolveram apertar os cintos – analisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *