Inepac realiza tombamento do Galpão do Aplauso

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 26 de outubro de 2020 as 14:19, por: CdB

Seguindo um planejamento para fortalecer a preservação histórica em todo o Estado do Rio, o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) concretizou o tombamento do antigo armazém externo 5 da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), no Santo Cristo, Região Portuária do Rio, construído na década de 1950.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Seguindo um planejamento para fortalecer a preservação histórica em todo o estado do Rio, o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) concretizou o tombamento do antigo armazém externo 5 da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), no Santo Cristo, Região Portuária do Rio, construído na década de 1950.

O Galpão do Aplauso funciona na Região Portuária desde 2004
O Galpão do Aplauso funciona na Região Portuária desde 2004

No local, há 16 anos, funciona o Galpão Aplauso, projeto de formação humanística e profissionalizante para jovens. O processo foi publicado na edição do último dia 22 do Diário Oficial do Estado.

–  O Estado do Rio tem uma história muito rica que necessita ser preservada. Por isso, através do Inepac, estamos tomando todas essas medidas, com muita pesquisa e ações legais. É bom ressaltar que há riqueza em todos os municípios, não somente na capital – disse a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros.

O Inepac, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj), tem realizado diversas pesquisas para tombamentos de bens históricos. Há estudos na capital e em municípios do interior. Atualmente, há mais de 1,6 mil bens tombados em todo o estado.

–  Estamos com muitas pesquisas concretizadas e outras em andamento para tombamentos em várias regiões do Estado. Tem sido um trabalho muito especial, já que o papel do Inepac é criar mecanismos para fortalecer a preservação histórica – disse Claudio Prado de Mello, diretor-geral do Inepac.

Galpão Aplauso

O Galpão do Aplauso funciona na Região Portuária desde 2004, quando foi criado pela economista Ivonette Albuquerque. A ideia inicial era desenvolver um projeto pequeno, para atender cerca de 20 jovens. Porém, em pouco tempo, o objetivo avançou.

Desde então, novos projetos surgiram e, ao longo de uma década, mais de 14 mil jovens já tiveram suas vidas transformadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *