Investidores avaliam TikTok em US$ 50 bilhões, dizem fontes

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 29 de julho de 2020 as 13:19, por: CdB

Alguns investidores da empresa-mãe do TikTok, a ByteDance, que buscam assumir o controle do popular aplicativo, estão avaliando-o em cerca de US$ 50 bilhões, significativamente mais do que seus pares, como a Snap, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

Por Redação, com Reuters – de Nova York/Hong Kong

Alguns investidores da empresa-mãe do TikTok, a ByteDance, que buscam assumir o controle do popular aplicativo, estão avaliando-o em cerca de US$ 50 bilhões, significativamente mais do que seus pares, como a Snap, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A oferta dos investidores avalia o TikTok em 50 vezes a receita projetada para 2020
A oferta dos investidores avalia o TikTok em 50 vezes a receita projetada para 2020

A ByteDance, com sede em Pequim, está considerando uma variedade de opções para o TikTok, em meio à pressão dos Estados Unidos para abandonar o controle do aplicativo, que se tornou muito popular entre adolescentes norte-americanos.

O Comitê de Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos (CFIUS), um painel do governo dos EUA que analisa acordos de compradores estrangeiros de empresas quanto a possíveis riscos à segurança nacional, levantou preocupações sobre a segurança dos dados pessoais de usuários do TikTok.

A ByteDance, uma empresa privada, recebeu uma proposta de alguns de seus investidores, incluindo a Sequoia e a General Atlantic, de transferir o controle do TikTok para eles, disseram as fontes.

A oferta dos investidores avalia o TikTok em 50 vezes a receita projetada para 2020, de cerca de US$ 1 bilhão, segundo as fontes. Em comparação, a Snap é avaliada em 15 vezes sua receita projetada para 2020, em cerca de US$ 33 bilhões, segundo a Refinitiv.

Os executivos da ByteDance

Não está claro se o fundador e presidente-executivo da ByteDance, Yiming Zhang, ficará satisfeito com a oferta. Os executivos da ByteDance discutiram recentemente projeções de avaliações para o TikTok que ultrapassam os US$ 50 bilhões, disse uma das fontes.

O TikTok está crescendo rapidamente à medida que ganha mais dinheiro com publicidade, e a empresa espera alcançar US$ 6 bilhões em receita em 2021, disse uma das fontes. A ByteDance, que possui outros aplicativos, estabeleceu uma meta de receita para 2020 de cerca de 200 bilhões de iuanes (US$ 28 bilhões), informou à agência inglesa de notícias Reuters anteriormente.

Se um acordo para a venda total do TikTok não puder ser alcançado, a ByteDance está explorando a venda apenas das operações do aplicativo nos EUA, disse uma das fontes. Não está claro em quanto esse acordo seria avaliado e que laços o TikTok nos Estados Unidos manteria com suas operações globais.

Não há certeza de que a ByteDance concordará com qualquer acordo, disseram as fontes. A empresa está avançando com mudanças estruturais que afirma que irão afastar ainda mais os negócios norte-americanos do TikTok de seu império global, acrescentaram as fontes.

Representantes da ByteDance, General Atlantic e Sequoia se recusaram a comentar o assunto. Um porta-voz do CFIUS não se manifestou.

Spotify

O Spotify Technology divulgou receita trimestral abaixo das expectativas nesta quarta-feira e previu que o atual trimestre será moderado, devido principalmente ao declínio nos anúncios, já que a pandemia de covid-19 afastou os anunciantes.

Os resultados ofuscaram uma recuperação na demanda por streaming de música, à medida que mais usuários se inscreveram em seus serviços e o número de assinantes pagos alcançou 138 milhões, acima das estimativas de Wall Street de 136,4 milhões.

O Spotify, que lidera o mercado de streaming de música, à frente de rivais como Apple e Amazon, gera receita com assinaturas pagas e exibe anúncios para usuários gratuitos.

Enquanto os usuários ativos mensais aumentaram 29% para 299 milhões, a receita de anúncios caiu 21% no segundo trimestre.

O vice-presidente financeiro Paul Vogel disse à Reuters em entrevista que, enquanto a publicidade estava melhorando no trimestre atual, havia uma “quantidade razoável de conservadorismo” no mercado. O Spotify espera um crescimento na receita de publicidade este ano, mas será “bastante mínimo”, disse ele.

O Spotify espera que o total de assinantes pagos atinja a faixa de 140-144 milhões no terceiro trimestre, ante expectativas de 141,4 milhões, segundo dados da Refinitiv.

A receita média por usuário (ARPU) no segundo trimestre foi de 4,41 euros, uma queda de 9% em relação ao ano anterior.

A receita total prevista do Spotify é 1,85 bilhões a 2,05 bilhões de euros no terceiro trimestre. Analistas esperam 2,01 bilhões de euros.

No trimestre encerrado em junho, a receita aumentou 13%, para 1,89 bilhão de euros, mas ficou abaixo das estimativas de analistas de 1,93 bilhão de euros.

O prejuízo líquido atribuível ao Spotify foi de 356 milhões de euros, ou 1,91 euro por ação, em comparação com 76 milhões de euros ou 0,42 euro no ano anterior. Os analistas esperavam uma perda de 0,45 euro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *