Jornalista é morto na região metropolitana do Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 19 de junho de 2019 as 13:49, por: CdB

Os suspeitos fugiram do local do crime sem levar nada. o jornalista foi encontrado por PMs morto em seu carro.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

A polícia está investigando a morte do jornalista Romário Barros, de 31 anos, ele foi morto na noite de terça-feira com pelo menos três tiros, no bairro de Araçatiba, em Maricá, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Romário era fundador do site Lei Seca Maricá

Os suspeitos fugiram do local do crime sem levar nada. o jornalista foi encontrado por PMs morto em seu carro. A vítima era fundadora do site Lei Seca Maricá. O portal é conhecido por fazer a cobertura da política da cidade e da região.

A Polícia Civil trabalha com as hipóteses de execução e tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte, mas não descarta outras motivações para o crime.

Câmeras de segurança próximas ao local do assassinato foram analisadas para identificar os possíveis suspeitos.

Em nota, a Prefeitura de Maricá declarou que repudia a morte do jornalista, pediu uma investigação rápida para identificar o suspeito e afirmou que este é um “atentado contra a liberdade de expressão”.

A morte de Romário é a segunda de um jornalista na cidade em menos de um mês. Em maio, Robson Giorno, de 45 anos, fundador do O Maricá, foi assassinado na porta de sua casa. Robson era cotado com pré-candidato à prefeitura da cidade.

Policiais da DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo) estão investigando se Robson e Romário recebiam ameaças antes de serem assassinados.

Receptação de veículo

Policiais da 56ª DP (Comendador Soares) prenderam, na terça-feira,, em Nova Iguaçu, Leonardo Ferreira de Lima Júnior, pelo crime de receptação de veículo.

A ação teve como ojbetivo reprimir os crimes de roubo e receptação de veículos na Baixada Fluminense. Durante a ação agentes encontraram um depósito utilizado para desmanche de veículos roubados.

Leonardo foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da justiça.

Usuários de crack

Policiais da 20ª DP (Vila Isabel) em conjunto com o 6º BPM (Tijuca) realizaram uma operação na terça-feira, na Radial Oeste, para identificação de usuários de crack que estão acampados na região, próximo à UERJ, e também de autores de roubos e furtos que agem na via.

A ação conjunta terminou com 15 pessoas conduzidas à delegacia, sendo seis já identificadas em operações anteriores e sete com anotações criminais.

Com a operação de hoje a 20ª DP chega a 59 pessoas identificadas como usuários de crack que vivem naquela área, todas com passagens pela polícia, a maioria por crimes contra o patrimônio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *