Kremlin rejeita alerta de Trump contra ataques em região da Síria

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 4 de setembro de 2018 as 11:12, por: CdB

Trump advertiu na segunda-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, e seus aliados Irã e Rússia a não “atacar irresponsavelmente” a área de Idlib

Por Redação, com Reuters – de Moscou

O Kremlin rejeitou nesta terça-feira o alerta feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para que a Síria não lance uma ofensiva contra o enclave de Idlib, controlado por rebeldes, dizendo nesta terça-feira que a área é um “ninho de terroristas”.

Soldado sírio leal ao presidente Bashar al-Assad em Idlib

Trump advertiu na segunda-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, e seus aliados Irã e Rússia a não “atacar irresponsavelmente” a área de Idlib, dizendo que centenas de milhares de pessoas poderiam ser mortas.

– Apenas falar em alertas, sem levar em consideração o potencial negativo e muito perigosos para toda a situação na Síria, provavelmente não é uma abordagem completa e abrangente – disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

A presença de militantes em Idlib está comprometendo o processo de paz sírio e tornando a região uma base para ataques contra forças russas mobilizadas na Síria, acrescentou.

A situação de Idlib será um dos principais assuntos na agenda quando os líderes da Rússia, Irã e Turquia se encontrarem em Teerã nesta semana, disse Peskov a repórteres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *