Liga Internacional de Natação define os semifinalistas na Hungria

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 11 de novembro de 2020 as 14:19, por: CdB

Depois de 10 etapas disputadas, acabou na manhã desta quarta-feira a fase classificatória da Liga Internacional de Natação (ISL, sigla em inglês). A etapa definiu as oito equipes classificadas às semifinais, que começam no próximo sábado, em Budapeste, na Hungria.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

Depois de 10 etapas disputadas, acabou na manhã desta quarta-feira a fase classificatória da Liga Internacional de Natação (ISL, sigla em inglês). A etapa definiu as oito equipes classificadas às semifinais, que começam no próximo sábado, em Budapeste, na Hungria. Serão 12 brasileiros participando das disputas: Felipe Lima (do time Energy Standard), Vinicius Lanza e Guilherme Guido (pela equipe London Roar), Bruno Fratus (do Tokyo Frog Kings), Brandonn Almeida (do NY Breakers), Felipe França, Fernando Scheffer e Marco Antonio Ferreira Jr (da equipe LA Current), Nicholas Santos, Leonardo Santos e Guilherme Basseto (do Team Iron), Jhennifer Conceição (do Toronto Titans).

Bruno Fratus faz parte do Tokyo Frog Kings, entre as equipes classificadas
Bruno Fratus faz parte do Tokyo Frog Kings, entre as equipes classificadas

Nas semifinais, os oito times serão divididos em duas chaves de quatro equipes. Os dois primeiros de cada grupo avançam à decisão desta temporada.

Na primeira semifinal (sábado e domingo, às 08h, horário de Brasília) vão se enfrentar as equipes Energy Standard, London Roar, Tokyo Frog Kings e NY Breakers. A segunda semifinal (com provas ocorrendo no domingo e na segunda-feira, a partir das 14h, horário de Brasília). Os concorrentes às duas vagas na grande decisão são Cali Condors, LA Current, Team Iron e Toronto Titans. A competição pode ser acompanhada ao vivo no site https://isl.global/.

A ISL é disputada em piscina curta

A ISL é disputada em piscina curta (25 metros), distância diferente da utilizada nos Jogos Olímpicos, que é a de 50 metros. Nesta temporada, a Liga, que está sendo disputada pelo segundo ano seguido, é o maior evento da modalidade.

São aproximadamente 400 atletas divididos em 10 times de vários países. As provas decisivas estão previstas para os dias 21 e 22.

Nicholas Santos

Na terça-feira, Nicholas Santos seguiu conquistando excelentes resultados na Liga Internacional de Natação (ISL, sigla em inglês), em Budapeste, na Hungria. Aos 40 anos, o brasileiro, competindo pela equipe Iron, no segundo dia da nona etapa do torneio, venceu os 50m borboleta cravando a marca de 21seg78.

Esse foi o segundo melhor tempo da história da prova em piscina curta (25 metros). O recorde mundial (21seg75) é do próprio Nicholas, marca de 2018. Ele passa a ser também o recordista da ISL, ao superar os 21seg86 do húngaro Szebasztian Szabo.

O atleta ficou à frente do japonês Takeshi Kawamoto, que completou a prova em 22seg37, e do sul-africano Chad Le Clos, com 22seg92. É importante destacar que a prova dos 50 metros borboleta não é olímpica. As opções do experiente nadador para estar na Olimpíada de Tóquio (que seria a terceira participação dele nos Jogos) são as provas dos 100 metros borboleta e dos 50 metros nado livre.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *