Marinha faz desinfecção do Porto de Itaguaí

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 16 de setembro de 2020 as 14:15, por: CdB

Uma equipe da Marinha fez nesta quarta-feira desinfecção do Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, com o objetivo de combater o novo coronavírus. O trabalho foi feito por meio da aplicação de quaternário de amônio de quinta geração e foi solicitado pela Companhia das Docas do Rio de Janeiro.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Uma equipe da Marinha fez nesta quarta-feira desinfecção do Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, com o objetivo de combater o novo coronavírus.

Medida visa evitar disseminação da covid-19
Medida visa evitar disseminação da covid-19

O trabalho foi feito por meio da aplicação de quaternário de amônio de quinta geração e foi solicitado pela Companhia das Docas do Rio de Janeiro.

O produto é, segundo a Companhia das Docas, recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como um dos principais ativos que eliminam o novo coronavírus, e não corrói superfícies metálicas.

A desinfecção vai abranger uma área de cerca de 2,2 mil metros quadrados (m²), que inclui o prédio administrativo, a entrada principal do porto, o setor de permissão e o prédio da Guarda Portuária.

Higienização em comunidades

A prefeitura do Rio, por meio da Comlurb, promoveu mais operações especiais de higienização nesta quarta-feira em diversas comunidades da cidade. A lavagem é feita com água de reuso e detergente neutro, e hipoclorito nos pulverizadores.

Nesta quarta, na Zona Sul, Grande Tijuca e Área Central, o serviço foi realizado nas seguintes comunidades: Turano, Chácara do Céu, Bananal e Indiana, na Tijuca, Barreira do Vasco, em São Cristóvão, Cantagalo, em Copacabana, Guararapes e Cerro Corá, no Cosme Velho, Morro do Cruz e Cotia, no Andaraí, Jorge da Silva, em Santa Teresa, Matinha, no Rio Comprido, Morro Azul, no Flamengo, Morro do Encontro, no Grajaú, Quinta do Caju, Parque da Conquista e Parque Nossa Senhora da Penha, no Caju, Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, Pereira da Silva, em Laranjeiras, Pio XI, no Jardim Botânico, Quilombola do Sacopã, na Lagoa, Rocinha, Rodo, no Rio Comprido, São Carlos, no Estácio, Tavares Bastos, no Catete, Tuiuti, em São Cristóvão, e Zinco, no Estácio. O efetivo foi de 59 Garis, com 36 pulverizadores, quatro lava-jatos e cinco pipas d`água.

Na Zona Norte, foram incluídas na programação de quarta as seguintes comunidades: Vila Turismo, em Manguinhos, Aymoré, Bernardino Gustavino, Conjunto da PM 16 BPM, Conjunto do Wilson, Conjunto IAPC de Olaria, Merendiba, Ruas Mirá, Da Fonte, Jandu, Itapemirim, Itapeaçu, Vila Cascatinha e Virgílio Várzea, em Olaria, Darcy Vargas, Morro Igreja Santa Rita e Praça Vital Barbosa, em Ramos, Jacarezinho e Xuxa, no Jacaré, Árvore Seca, em Lins de Vasconcelos, Jorge Turco, no Colégio, Rio D’ouro, em Irajá, Comunidade Patolinha, em Madureira, Bancários – 200, Bancários – Bela Vista e Bancários – Zaquias Jorge, na Ilha do Governador, Final Feliz e Javatá, em Anchieta, Acari e Final Feliz, em Avari, Amarelinho, no Irajá, Área Cinco (Fazendinha), no Complexo do Alemão, Vigário Geral e Parque São Luiz, em Honório Gurgel. Os serviços foram realizados por 33 garis, com o apoio de nove pipas d`água e seis pulverizadores.

Já na Zona Oeste, recebeu higienização Rio das Pedras, local “Areinha”, em Jacarepaguá, por 20 garis com o apoio de dois pulverizadores e uma pipa d`água.

A Companhia seguiu com as operações especiais de higienização nos pontos de maior circulação de pessoas, como vias principais de bairros, pontos de ônibus, passarelas, entorno de hospitais, clínicas da família e postos de saúde e acesso às estações de modais de transportes, entre outros. Para essas ações, a Comlurb atua com 42 garis com pulverizadores. Além disso, os garis fazem ainda higienização no entorno das agências da Caixa Econômica Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *