Max Verstappen vence último GP da temporada de Fórmula 1

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado domingo, 13 de dezembro de 2020 as 16:19, por: CdB

Após uma largada segura, o jovem da Red Bull liderou de ponta a ponta e conquistou sua segunda vitória no ano e a 10ª na carreira. Valtteri Bottas terminou em segundo lugar e assegurou o vice-campeonato, enquanto Lewis Hamilton, já com o sétimo título garantido e recém-recuperado da covid-19, fechou em terceiro.

Por Redação, com ANSA – de Abu Dhabi

Em uma corrida apagada da Mercedes, o holandês Max Verstappen venceu neste domingo o último grande prêmio da temporada de 2020 da Fórmula 1, em Abu Dhabi.

Max Verstappen no Grande Prêmio de Abu Dhabi de F1
Max Verstappen no Grande Prêmio de Abu Dhabi de F1

Após uma largada segura, o jovem da Red Bull liderou de ponta a ponta e conquistou sua segunda vitória no ano e a 10ª na carreira. Valtteri Bottas terminou em segundo lugar e assegurou o vice-campeonato, enquanto Lewis Hamilton, já com o sétimo título garantido e recém-recuperado da covid-19, fechou em terceiro.

De acordo com o chefe de equipe Toto Wolff, as Mercedes correram com uma limitação na unidade de potência devido ao risco de quebra. Alexander Albon, ainda não confirmado pela Red Bull para 2021, ficou em quarto, seguido pelas McLaren de Lando Norris e Carlos Sainz, que pilotará na Ferrari no ano que vem.

Daniel Ricciardo (Renault), Pierre Gasly (AlphaTauri), Esteban Ocon (Renault) e Lance Stroll (Racing Point) fecharam a zona de pontos. Charles Leclerc e Sebastian Vettel, que se despede da Ferrari, terminaram em 13º e 14º, respectivamente.

Já o brasileiro Pietro Fittipaldi, substituto de Romain Grosjean neste fim de temporada, foi o 19º e último entre os que concluíram a prova – Sergio Pérez, também sem carro para 2021, abandonou logo no início por problemas mecânicos.

A temporada de 2020

A temporada de 2020 teve apenas 17 corridas devido à pandemia do novo coronavírus e contou com circuitos repetidos ou que não estarão no ano que vem, como Mugello e Ímola, na Itália, e Portimão, em Portugal.

Heptacampeão, Lewis Hamilton terminou com 347 pontos, seguido por Bottas (223), Verstappen (214), Pérez (125) e Ricciardo (119). Já entre as equipes, a Mercedes fechou com 573 pontos, à frente de Red Bull (319), McLaren (202), Racing Point (195), Renault (181), Ferrari (131), AlphaTauri (107), Alfa Romeo (oito) e Haas (três).

A Williams é a única das 10 escuderias a não pontuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *