Mbappé diz que PSG não deve temer ausência de Neymar e Cavani

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019 as 11:50, por: CdB

Neymar e Cavani, que juntos fizeram 41 gols nesta temporada, estão afastados por culpa de lesões no pé e no músculo do quadril e não viajaram a Old Trafford para a partida de ida.

Por Redação, com Reuters – de Paris/Londres/Roma

O Paris St Germain não deve se preocupar com a ausência de jogadores cruciais, como Neymar e Edinson Cavani, já que sua vitória de 2 a 0 sobre o Manchester United na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões na terça-feira provou que o time pode ter sucesso sem eles, disse o atacante Kylian Mbappé.

Kylian Mbappé comemora gol marcado na partida do Paris St Germain contra o Manchester United

Neymar e Cavani, que juntos fizeram 41 gols nesta temporada, estão afastados por culpa de lesões no pé e no músculo do quadril e não viajaram a Old Trafford para a partida de ida.

Apesar do elenco desfalcado, o PSG saiu com um êxito merecido, e o United perdeu por mais de um gol em uma disputa europeia em casa pela primeira vez.

– Precisamos acabar com essas histórias de terror. As pessoas precisam parar de ter medo – disse Mbappé ao veículo de mídia francês RMC Sport, acrescentando que, embora Neymar e Cavani sejam importantes, o que mais contou foi o que o PSG fez com os jogadores que estiveram em campo.

– Estamos contentes, mas só estamos na metade da disputa e precisamos continuar a nos preparar bem, porque acho que nos últimos 20 minutos decaímos um pouco fisicamente.

A partida de volta acontece em Paris no dia 6 de março.

PSG vence United

As esperanças do Manchester United na Liga dos Campeões diminuíram muito após perderem por 2 a 0 em casa para o Paris St Germain no jogo de ida das oitavas de final e com o talismã Paul Pogba expulso no final da partida de terça-feira.

Os gols do time francês, marcados por Presnel Kimpembe e Kylian Mbappe saíram no segundo tempo, dando ao PSG uma clara vantagem para o jogo de volta em Paris, em 6 de Março. A expulsão de Pogba, punido com o segundo cartão amarelo aos 44 minutos da etapa final, tornou a tarefa ainda mais difícil.

O United teve que jogar o segundo tempo sem os atacantes Jesse Lingard e Anthony Martial, substituídos por contusões.

Roma

Também nesta terça-feira, dois gols de Nicolo Zaniolo garantiram à Roma uma vitória, em casa, por 2 a 1 sobre o Porto.

O reserva do Porto, Adrian Lopez, no entanto, garantiu um gol que pode ser decisivo, considerando o critério de desempate por gol fora de casa. O time português receberá a Roma no Estádio do Dragão no jogo de volta, em 6 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *