Em memória a Chadwick Boseman, personalidades prestam homenagens ao herói negro

Arquivado em: Cultura, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado sábado, 29 de agosto de 2020 as 13:47, por: CdB

“É com dor imensurável que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick havia sido diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016 e batalhou contra isso pelos últimos quatro anos, enquanto a doença evoluiu para o estágio 4”, diz uma mensagem postada nas redes sociais do artista.

Por Redação, com Ansa – de Los Angeles, CA-EUA

Artistas e personalidades de todo o mundo expressaram, neste sábado, seus sentimentos pela morte, na noite passada, aos 43 anos, do ator norte-americano Chadwick Boseman, protagonista de Pantera Negra, primeiro super-herói negro da Marvel. Boseman lutava contra um câncer no cólon havia quatro anos, mas nunca tinha comentado publicamente sobre sua doença.

A morte do ator Chadwick Boseman causou comoção no meio artístico mundial
A morte do ator Chadwick Boseman causou comoção no meio artístico mundial

“É com dor imensurável que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick havia sido diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016 e batalhou contra isso pelos últimos quatro anos, enquanto a doença evoluiu para o estágio 4”, diz uma mensagem postada nas redes sociais do artista.

“Ele morreu em sua casa, com sua esposa e sua família a seu lado. A família agradece a vocês pelo amor e pelas orações e pede que vocês continuem respeitando sua privacidade durante esse momento difícil”, acrescenta o comunicado.

Coração partido

Segundo a família, o ator gravou vários filmes “durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapias”. O comunicado chama Chadwick de “verdadeiro lutador” e diz que foi a “honra de sua carreira” interpretar o rei T’Challa em “Pantera Negra”.

Ambientado no reino africano fictício de Wakanda, o longa é o primeiro protagonizado por um super-herói negro no universo Marvel e também o primeiro tirado de HQs nomeado ao prêmio de melhor filme no Oscar, tendo arrecadado mais de US$ 1 bilhão mundo afora.

“Coração partido. Meu amigo e companheiro Bison Chadwick Boseman era um tipo brilhante, gentil, erudito e humilde. Ele nos deixa muito cedo, mas sua vida fez diferença. Envio minhas sinceras condolências à família”, escreveu no Twitter a senadora Kamala Harris, candidata a vice-presidente dos Estados Unidos na chapa de Joe Biden.

A última postagem de Boseman nas redes sociais foi uma foto com Harris, que é a primeira mulher negra a concorrer ao cargo de vice-presidente.

O piloto inglês de Fórmula 1 Lewis Hamilton, logo após conquistar a pole no Grande Prêmio da Bélgica, em Spa-Francorchamps na manhã deste sábado, também prestou sua homenagem a Chadwick.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *