México é abalado por segundo massacre a tiros

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 16 de outubro de 2019 as 11:18, por: CdB

Uma troca de tiros entre forças de segurança e civis armados em Guerrero, Estado do sudoeste do México, matou 15 pessoas.

Por Redação, com Reuters – da Cidade do México

Uma troca de tiros entre forças de segurança e civis armados em Guerrero, Estado do sudoeste do México, matou 15 pessoas na terça-feira, disseram autoridades, o segundo massacre a tiros a abalar o país em dois dias.

Familiares comparecem a enterro de policial morto em troca de tiros no México
Familiares comparecem a enterro de policial morto em troca de tiros no México

O porta-voz da segurança pública estadual de Guerrero, Roberto Álvarez, disse que 14 civis e um soldado morreram no tiroteio ocorrido no município de Tepochica, que fica perto de Iguala, cidade notória pelo desaparecimento de 43 estudantes de pedagogia em 2014.

Uma foto tirada após o massacre e vista pela agência inglesa de notícias Reuters mostrou dois civis mortos, um deles pendurado na lateral de uma picape em mau estado que ficou crivada de balas enquanto as forças de segurança patrulhavam a área.

Cartel

Defendendo sua estratégia de segurança mesmo depois de supostos matadores de um cartel assassinarem 13 policiais um dia antes no Estado vizinho de Michoacán, o presidente Andrés Manuel López Obrador culpou governos anteriores pela violência crônica do México.

Mas o massacre mais recente provavelmente aumentará a pressão para López Obrador lidar com um problema que ele prometeu enfrentar ao tomar posse em dezembro.

Guerrero e Michoacán são dois dos Estados mais violentos do México, onde cartéis de droga rivais vêm disputando o controle das rotas de tráfico para o Pacífico e o interior do país.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *