Mourão volta a criticar Bolsonaro pela forma como ele age diante da pandemia

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 15 de julho de 2020 as 18:59, por: CdB

O vice-presidente Mourão, ao lado do seu companheiro de chapa, é alvo de um processo no TSE, por disseminação de notícias falsas na campanha eleitoral. Ainda segundo Mourão, no entanto, ele faz questão de manter um bom relacionamento “com nossos diferentes atores do espectro político”.

Por Redação – de Brasília

Vice-presidente da República, o general Hamilton Mourão (PRTB) discorda que as Forças Armadas permaneçam no governo e, em entrevista na noite passada, criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela forma como tem conduzido os esforços contra o novo coronavírus.

— Ter mais de 70 mil pessoas que já foram a óbito, você não pode ficar batendo palmas para isso e achar que é normal — afirmou, a jornalistas de uma rede privada de TV.

Em enrevista, Mourão lembrou das operações realizadas no combate à pandemia

O general também reafirmou que não quer “trazer as forças, efetivamente, para dentro do governo”.

— Nós não queremos a política indo para dentro dos quartéis e a discussão ‘eu apoio o presidente’, ‘eu sou contra o presidente’, independentemente de ele ser um militar, um antigo militar ou não. Quero que meus companheiros continuem com a visão da missão constitucional do Exército, e não ficar me aplaudindo, ou Bolsonaro ou Ramos (ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos). Isso fica para aquela conversa de final de tarde — acrescentou.

Consequências

O vice-presidente, ao lado do seu companheiro de chapa, é alvo de um processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por disseminação de notícias falsas na campanha eleitoral. Ainda segundo Mourão, no entanto, ele faz questão de manter um bom relacionamento “com nossos diferentes atores do espectro político”. 

— Discordo da opinião de alguns, eles também discordam da minha. Mas quando a gente lida dessa forma, não precisando nos ofender mutualmente, acho que isso é a essência da política. E eu sempre digo, a gente pratica política desde cedo — continuou.

Mourão também disse aprovar as ações adotadas pelo governo em relação ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, apesar de “não estar satisfeito com as consequências com as consequências que a doença tem trazido para a saúde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *