quinta-feira, 25 de maio de 2017 • ANO XVII • N° 6.331
O etíope Tedros Gabreyesus tem planos para os países mais atingidos pela ação do capitalismo desenfreado

Africano na direção da Organização Mundial da Saúde

Por Rui Martins, de Genebra - Os países do Sul, como o Brasil, e todos os países africanos votaram pela candidatura do etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus, eleito para assumir a direção da Organização Mundial da Saúde.

ad

ad

Copyright 2017 - Todos os direitos reservados