Náufrago da Utopia, um blog da esquerda independente

Arquivado em: Arquivo CDB, Boletim, Destaque do Dia, Direto da Redação, Últimas Notícias
Publicado domingo, 20 de outubro de 2019 as 09:11, por: CdB

Na confusão da política brasileira, é normal os leitores se sentirem desnorteados. Porém, uma boa referência é o blog Náufrago da Utopia, desvinculado de partidos e sem qualquer tipo de financiamento, que mantém sua independência nas suas análises desde sua criação. De esquerda, evitando aderir às teses populistas, contando a verdade mesmo quando mostra erros da esquerda, o Náufrago da Utopia, editado por Celso Lungaretti, é uma referência de independência na esquerda brasileira. Transcrevemos um de seus últimos textos. (Rui Martins, editor do Direto da Redação)

Celso Lungaretti, de São Paulo:

Náufrago da Utopia é também um livro

Para um blog que não está associado a nenhum provedor, empresa de comunicação ou agrupamento político (e seus respectivos sites), nem se beneficia da participação em associações de blogueiros progressistas, democráticos, engajados, etc. e tal, acredito que seja uma marca expressiva a atingida na madrugada deste sábado: 3 milhões de acessos em 11 anos de existência.

O BLOG DO NÁUFRAGO ATINGIU A MARCA DE 3 MILHÕES DE ACESSOS

Celso Lungaretti
Para um blog que não está associado a nenhum provedor, empresa de comunicação ou agrupamento político (e seus respectivos sites), nem se beneficia da participação em associações de blogueiros progressistas, democráticos, engajados, etc. e tal, acredito que seja uma marca expressiva a atingida na madrugada deste sábado: 3 milhões de acessos em 11 anos de existência.
Não que tenhamos feito uma opção pelo isolamento, longe disto. Mas, decidimos não abrir o blog para inserções publicitárias porque acabaria havendo adiante incompatibilidades de princípios, então desde o primeiro dia (08/08/2008) preferimos não ter o rabo preso com o outro lado.
Já evitar aproximações com sites, blogs, serviços noticiosos e agrupamentos políticos de esquerda nunca foi uma postura assumida pelo Náufrago.
Dalton Rosado
Seguindo os valores da geração 68, consideramos:
— nossos iguais todos os que lutam contra o capitalismo e o autoritarismo;
— adversários a serem tratados com respeito e cordialidade, sempre tentando trazê-los para nosso lado, aqueles que erroneamente acreditam ser possível defender os interesses do povo dentro do arcabouço institucional da democracia burguesa; e
— inimigos inconciliáveis, os que, pelo poder do dinheiro, da mentira e/ou das armas, perpetuam a exploração do homem pelo homem.
David Emanuel Coelho
Mas, tem sido mínima a recíproca à abertura que mantemos para com quem pensa diferentemente de nós dentro da esquerda.
Muitas vezes sabotados e boicotados, outras tantas ignorados, mesmo assim vamos confrontando inimigos poderosos sem trégua nem rede de proteção, salvo a solidariedade de nossos leitores habituais e dos eventuais que acompanham à distância este trabalho, mas acodem, solidários, nos momentos de crise.
Ambos os contingentes nos ajudam a superar maus momentos e nos animam a perseverar até o limite de nossas forças.
Rui Martins
Minha gratidão à equipe que, tanto quanto eu, atua apenas por amor à causa, sem nenhuma recompensa material, apenas a gratificação moral de saber que está travando o bom combate. Dalton Rosado, David Emanuel Coelho e Rui Martins são grandes articulistas e excelentes seres humanos, virtudes tão raras nestes tristes tempos presentes!
Só lamento que o imprescindível Apollo Natali, extraordinário cronista, não esteja mais conosco, pois sua contribuição para chegarmos onde estamos foi gigantesca.
Resigno-me pensando que sua alma pura foi poupada de enorme sofrimento, pois sei o quanto o abateria ver o circo de horrores no qual o Brasil se transformou em 2019.
E a quantos, com seus acessos, nos estimulam a seguir adiante, fica o compromisso de que:
Apollo Natali
— continuaremos sempre inconformados com a existência dilacerante que nos é imposta e com os podres poderes vigentes na sociedade atual; e
— empenhados na construção de um mundo de igualdade social e liberdade plena, em que cada ser humano possa desenvolver ao máximo suas potencialidades, sem estar limitado pelo tacão da necessidade.
Celso Lungaretti, jornalista e escritor,  foi resistente à ditadura militar ainda secundarista e participou da Vanguarda Popular Revolucionária. Preso e processado, escreveu o livro Náufrago da Utopia (Geração Editorial). Tem um ativo blog com esse mesmo título.

Direto da Redação é um fórum de debates editado pelo jornalista Rui Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *