Neofascistas agridem político de esquerda, na Itália, aos gritos de ‘Duce’

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 1 de janeiro de 2020 as 15:06, por: CdB

“Um grupo atrás de mim cantava ‘Anne Frank acabou no forno’. Eu me virei e disse: ‘Rapazes, chega’. Eles começaram a gritar ‘Duce, Duce’, com a mão levantada, meu marido virou e levou socos no rosto de vários lados. Depois apareceu um rapaz para nos ajudar e também apanhou”.

 

Por Redação, com Ansa – de Veneza

 

Um ex-deputado italiano de esquerda foi agredido durante a festa de Réveillon em Veneza, no norte do país, aos gritos de “Duce”, apelido do ditador fascista Benito Mussolini. O episódio ocorreu na noite de terça-feira (31), na Praça San Marco, ponto de concentração popular para o show de fogos de artifício do Ano Novo na capital do Vêneto.

O ex-deputado Arturo Scotto foi agredido por neofascistas, em Veneza
O ex-deputado Arturo Scotto foi agredido por neofascistas, em Veneza

Arturo Scotto estava acompanhado da esposa, Elsa Bertholet, que relatou o caso no Facebook:

“Um grupo atrás de mim cantava ‘Anne Frank acabou no forno’. Eu me virei e disse: ‘Rapazes, chega’. Eles começaram a gritar ‘Duce, Duce’, com a mão levantada, meu marido virou e levou socos no rosto, de vários lados. Depois apareceu um rapaz para nos ajudar e também apanhou”.

Extrema direita

Segundo Scotto, o grupo era formado por oito homens e fugiu logo depois do ataque.

— Nesta manhã, tirei um peso de mim e apresentei denúncia à Arma dos Carabineiros. As forças de ordem estão se esforçando para identificá-los — afirmou.

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, de centro-direita, expressou “plena solidariedade” ao ex-deputado e afirmou que a cidade não tolerará “episódios de referências fascistas”.

Já o governador do Vêneto, Luca Zaia, do partido de extrema direita Liga, afirmou que o episódio foi “extremamente grave” e que uma sociedade civilizada não pode conviver com “violências físicas desse tipo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *