Olympique de Lyon anuncia contratação de Thiago Mendes

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 3 de julho de 2019 as 14:05, por: CdB

O jogador deixou o clube paulista para atuar pelo Lille. Com o Lille, o brasileiro disputou 72 partidas e marcou quatro gols. 

Por Redação, com EFE – de Paris/Londres

O Olympique de Lyon anunciou nesta quarta-feira a contratação do volante brasileiro Thiago Mendes, de 27 anos, que atuava pelo Lille.

O Olympique de Lyon anunciou nesta quarta-feira a contratação do volante brasileiro Thiago Mendes

Thiago, que chegou na segunda a Lyon para passar por exames médicos, foi apresentado nesta quarta-feira.

O Lyon não divulgou o montante da operação, mas segundo o jornal local Le Progrès, a transferência do jogador custou cerca de 25 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões).

Mendes (São Luís, 1992) foi revelado pelo Goiás, onde jogou como profissional entre 2011 e 2014, antes de ser contratado pelo São Paulo FC (2014-2017).

O jogador deixou o clube paulista para atuar pelo Lille. Com o Lille, o brasileiro disputou 72 partidas e marcou quatro gols.

Spurs compra meio-campista Ndombélé do Lyon

Vice-campeão da Liga dos Campeões, o Tottenham Hotspur contratou o meio-campista Tanguy Ndombélé do Olympique de Lyon na terça-feira com um contrato de seis anos que quebrou o recorde de transferência do time da liga inglesa.

O Lyon disse em um comunicado que o Spurs pagou 60 milhões de euros pelo jogador de 22 anos da seleção francesa, e que os incentivos em potencial chegam a 10 milhões de euros adicionais.

A cifra superou o recorde de 42 milhões de libras esterlinas pagas pelo zagueiro colombiano Davinson Sánchez em 2017, e Ndombélé deve se tornar um dos mais bem remunerados do clube.

“Estamos felizes de anunciar a contratação de Tanguy Ndombélé do Olympique Lyonnais”, disse o Tottenham, acrescentando que ele assinou até 2025.

Ndombélé foi um jogador crucial no centro do meio-campo do Lyon na temporada passada, fazendo 34 participações na liga francesa e ajudando o clube a se classificar para a Liga dos Campeões ao ficar com a terceira colocação.

O Spurs disputou sua primeira final da Liga dos Campeões neste ano, perdendo para o Liverpool em Madri. A equipe terminou o Campeonato Inglês no quarto lugar e se classificou novamente para a competição de elite da Europa.

O francês foi a segunda contratação anunciado pelo Spurs em um dia movimentado, já que mais cedo o time encerrou um jejum de 18 meses de contratações anunciando a compra de Jack Clarke, jovem lateral do Leeds United.

EUA chegam à final da Copa feminina

Atuais campeões, os Estados Unidos garantiram na terça-feira a classificação à final da Copa do Mundo de futebol feminino pela quinta vez, após uma turbulenta vitória por 2 x 1 sobre a Inglaterra, que perdeu um pênalti já no final da partida.

Christen Press, substituta da lesionada Megan Rapinoe, colocou os EUA em vantagem logo aos 10 minutos do primeiro tempo com uma firme cabeçada, mas as Leoas revidaram e igualaram o marcador nove minutos depois, quando Ellen White anotou seu sexto gol na competição.

As norte-americanas voltaram à liderança aos 31 da etapa inicial, em conclusão de cabeça de Alex Morgan, completando cruzamento perfeito de Lindsey Horan, um gol que Morgan, no dia de seu 30º aniversário, celebrou ironicamente, gesticulando como se estivesse tomando uma xícara de chá.

A Inglaterra pensou ter empatado novamente aos 24 minutos do segundo tempo, em mais uma excelente finalização de White, mas o gol foi anulado por impedimento após revisão do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês).

O VAR

O VAR, porém, ainda deu às inglesas uma última chance, alertando para um pênalti cometido sobre White, mas a fraca cobrança de Steph Houghton acabou defendida por Alyssa Naeher.

A três minutos do final, a Inglaterra ainda teve a defensora Millie Bright expulsa após levar seu segundo cartão amarelo.

Na decisão, que ocorre no domingo, os EUA buscarão o tetracampeonato contra Holanda ou Suécia, que duelam na quarta-feira, também em Lyon, e nunca conquistaram um título mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *