Pandemia derruba diretora do Festival de Locarno

Arquivado em: Arquivo CDB, Boletim, Cultura, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 24 de setembro de 2020 as 13:57, por: CdB

Apenas dois meses depois de sua segunda edição do Festival Internacional de Cinema de Locarno, a parisiense Lili Hinstin deixou hoje a direção do prestigioso festival suíço.

Divergências quanto à gestão da pandemia levaram Lili Hinstin a pedir demissão

Num comunicado comum divulgado, tanto o diretor do Festival, o suíço Marco Solari, como Lili Hinstin apontam “divergências estratégicas” como a causa da ruptura.

Vinda do festival EntreVues de Belfort, na França, Lili Hinstin, 43 anos, talvez tenha sido a grande vítima da pandemia, pois na realidade só dirigiu um festival, o de Locarno 2019, enquanto sua direção do festival deste ano sofreu sérias restrições provocadas pelo coronavírus. Mesmo assim, de acordo com críticos suíços, demonstrou audácia e bom gosto.

Lili Hinstin substituiu o diretor Carlo Chatrian, que deixou Locarno em agosto 2018, para dirigir o Festival Internacional de Berlim.

Rui Martins, correspondente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *