Polícia prende suspeitos de traficar carregadores de pistola para o Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 10 de julho de 2018 as 13:31, por: CdB

De acordo com a PF, eles receberiam uma encomenda com 84 carregadores para munição de 9 mm em uma agência dos Correios no bairro do Méier

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante três pessoas suspeitas de traficar carregadores de pistola da Polônia para o Rio de Janeiro, pelos Correios. De acordo com a PF, eles receberiam uma encomenda com 84 carregadores para munição de 9 mm em uma agência dos Correios no bairro do Méier, na Zona Norte da cidade, quando foram presos na segunda-feira.

PF prende 3 suspeitos de traficar carregadores de pistola para o Rio

A identificação da encomenda ilegal foi feita em parceria com a Receita Federal e os Correios. A suspeita da PF é de que o equipamento seria levado para a quadrilha armada que controla negócios ilícitos no Morro do Dezoito, em Água Santa, também na Zona Norte.

Um dos presos já tinha registro criminal anterior pelo crime de roubo armado. Os três foram encaminhados ao sistema prisional fluminense e indiciados por tráfico internacional de arma de uso restrito e por formação de quadrilha.

Tráfico de drogas

O Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, formado pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), Choque e Batalhão de Ações com Cães, fizeram na segunda-feira uma grande operação contra o tráfico de drogas na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Este é o terceiro dia consecutivo de ações da PM na comunidade que, desde sábado passado, vive confronto entre militares e traficantes de drogas.

No sábado, uma pessoa cuja identidade não foi informada pela Polícia Militar morreu depois que dois homens em uma motocicleta atiraram contra os policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e houve perseguição e troca de tiros. Um dos motoqueiros foi preso e outro conseguiu fugir.

Fogo em pneus

Devido à morte, os moradores fecharam por cerca de 40 minutos a Linha Amarela, principal via expressa que liga a Barra da Tijuca à entrada da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio. A Avenida Edgar Werneck, que passa pela comunidade, também foi fechada pelos moradores, que atearam fogo em paus e pneus. Militares do Exército foram acionados para auxiliar na liberação das vias.

Na ação, os militares apreenderam uma pistola, um carregador, um radiotransmissor, 420 pinos de pó branco, 397 trouxinhas de maconha, um tablete de 1 quilo de maconha, dois tabletes de 200 gramas maconha, 6.428 trouxinhas de maconha, 337 pinos de cocaína, 415 sacolés de cocaína, 87 pedras de crack, 29 sacolés de haxixe e 34 frascos da substância cheirinho da loló. Dois suspeitos foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Jacarepaguá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *