Polícia faz operação contra quadrilha que frauda bilhete único no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 23 de setembro de 2020 as 11:52, por: CdB

A investigação, iniciada há pouco mais de um ano, aponta que o esquema causou prejuízo de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos, inserindo créditos de forma fraudulenta nos cartões de transporte.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro deflagrou nesta quarta-feira uma operação contra uma organização criminosa que fraudava o sistema de cartões do transporte coletivo bilhete único. A ação contou com agentes da Delegacia de Capturas (DC-Polinter) e da Delegacia do Consumidor (Decon).

Prejuízos aos cofres públicos passam de R$ 6 milhões
Prejuízos aos cofres públicos passam de R$ 6 milhões

Estão sendo cumpridos 21 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão. A investigação, iniciada há pouco mais de um ano, aponta que o esquema causou prejuízo de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos, inserindo créditos de forma fraudulenta nos cartões de transporte, que depois eram usados em diversas estações de trem no estado.

Segundo a Polícia Civil, seis pessoas foram presas até o momento e responderão pelos crimes de organização criminosa e estelionato.

Armas e explosivos

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam na terça-feira um estrangeiro que era investigado por intermediar armas e explosivos para uma facção criminosa do Rio. Essas armas, segundo a investigação, eram usadas em ações contra instituições financeiras.

O acusado, que era polipátrida (americano e britânico com origem israelense), foi preso em flagrante na Rua Frei Caneca, no centro do Rio. Ele estava com um veículo Mitsubishi Eclipse Cross roubado, clonado e com documentos falsos.

Segundo o delegado titular da DRF, Gustavo Rodrigues, as investigações vão continuar para esclarecimento dos crimes do acusado. O criminoso foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

Crime de roubo

Policiais da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) prenderam, um homem acusado de roubo. Contra ele foi cumprido mandado de prisão, expedido pela 1ª Vara Criminal Regional de Bangu.

Segundo os agentes, o acusado possui diversas anotações criminais pela prática dos crimes de roubo e porte ilegal de arma de fogo, com atuação no bairro de Bangu, possuindo envolvimento com traficantes de drogas oriundos da Vila Aliança.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam, nesta terça-feira, um homem acusado de homicídio. Ele foi capturado quando retornava da Região dos Lagos e seguia para comunidade da Coreia, em Senador Camará.

Segundo os agentes, contra o acusado foi cumprido mandado de prisão, expedido pela Justiça. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *