Polícia de SP prende suspeitos de roubar US$ 29 milhões em ouro

Arquivado em: Brasil, Manchete, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 29 de julho de 2019 as 10:48, por: CdB

Um dos homens foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira por posse de munição de calibre de uso restrito.

Por Redação, com Reuters – de São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo informou nesta segunda-feira que prendeu três suspeitos durante o fim de semana por envolvimento com o roubo de uma carga milionário de ouro no Aeroporto Internacional de Guarulhos na semana passada.

Carros falsos da Polícia Federal usados em roubo de ouro no aeroporto de Garulhos

As autoridades não revelaram a identidade dos suspeitos, cujo crime envolveu 718,9 kg de ouro, estimados em US$ 29 milhões, de um terminal de carga do mais movimentado aeroporto da América do Sul.

Um dos homens foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira por posse de munição de calibre de uso restrito, de acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil.

Em nota, a polícia afirmou que ele dispunha de um carregador de fuzil contendo projéteis .556. A participação dele no crime está sendo apurada, mas o suspeito “teria oferecido logística para o transbordo da carga para outros veículos”, segundo a polícia.

A primeira prisão ocorreu na noite de sábado. De acordo com a polícia, o outro envolvido teve a prisão decretada no início da noite de domingo.

O crime

O crime ocorreu na tarde de 25 de julho. Os criminosos chegaram ao aeroporto de Guarulhos em uma picape preta com uniformes semelhantes aos da Polícia Federal, de acordo com imagens de segurança vistas pela agência inglesa de notícias Reuters.

Quatro homens saíram do veículo com seus rostos cobertos, e ao menos um deles portava um fuzil e confrontou os funcionários do aeroporto, que então começaram a colocar carga na caminhonete.

A empresa de segurança Brink’s Co, responsável por transportar o metal ao aeroporto, informou em um comunicado na semana passada que havia completado a entrega e as companhias aéreas tinham custódia total da carga no momento do roubo.

A polícia originalmente acreditava que o roubo envolvia 750 kg de ouro e outros metais preciosos, estimados em US$ 40 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *